NBA

Minnesota Timberwolves demite Tom Thibodeau após vitória contra os Lakers

tom thibodeau taj gibson

Credito: Instagram/reprodução

A demissão de Tom Thibodeau era uma notícia que todo mundo esperava, mas logo depois de uma vitória é meio estranho. Ainda mais quando ela vem por mais de 20 pontos contra o Los Angeles Lakers. O dono dos T-Wolves não acha isso e segundo Adrian Wojnarowski, tomou a decisão nesta noite de domingo.

Thibodeau era o treinador e também presidente da franquia, assumindo uma dupla função que já era vista com maus olhos por muitos analistas e foi basicamente extinta depois que Doc Rivers foi “rebaixado” para ser apenas treinador e Mike Budenholzer saiu do Atlanta Hawks.

Agora, sem Thibs, dificilmente uma pessoa só terá essas duas posições sob sua tutela. Mas para o torcedor dos Timberwolves isso não necessariamente é uma boa notícia, já que Wojnarowski afirmou que Glen Taylor, dono da franquia, vê Fred Hoiberg com bons olhos para treinador ou GM.

Hoiberg, demitido dos Bulls após trabalho ruim como treinador, foi assistente de GM nos Timberwolves antes de assumir o comando técnico de Iowa State e destacar-se a ponto de ser contratado por Chicago.

Tom Thibodeau chegou em Minnesota com todo esse poder por seu trabalho excelente nos Bulls, onde liderou o time a seguidas campanhas de playoffs após a franquia cair em uma depressão no pós-Jordan. O time chegou até a final de conferência, esbarrando no Heat de LeBron James.

Entretanto, apesar de todo o sucesso, ele teve um péssimo relacionamento com a diretoria no fim de sua passagem, o que acabou causando sua demissão. Um ano depois, ele conseguiu o poder de não ter que lidar com ninguém para montar o elenco, mas isso pode ter sido um problema. Os Timberwolves não evoluíram tanto defensivamente e ascensão de Karl-Anthony Towns e especialmente Andrew Wiggins não foi a esperada.

O treinador venceu 97 partidas e perdeu 107 e conseguiu ir aos playoffs apenas uma vez, perdendo na primeira rodada para o Houston Rockets. O time está com 19 vitórias e 21 derrotas nesta temporada, 11º no Oeste.

Mas o principal problema foi mesmo Jimmy Butler. Comandado por Thibs em Chicago, esperava-se que Butler chegasse e fosse uma influência positiva e o líder emocional da equipe, mas ele acabou confrontando tudo e todos, deixando clara uma falta de comando na equipe. Ele acabou trocado com os 76ers, mas parece ter erodido a confiança em Tom Thibodeau em Minnesota, custando seu emprego “duplo” no meio da temporada.

Comments
To Top