NBA

Los Angeles Lakers é multado por aliciamento de Paul George

Rob Pelinka Lakers

Crédito: Instagram/reprodução

O Los Angeles Lakers não terá Paul George e ainda foi punido pela NBA por ter violado as normas de aliciamento impostas pela liga. A denúncia do Indiana Pacers gerou uma multa de US$ 500 mil para a franquia californiana, que apesar de ser puxada, está longe de ser a pena máxima.

Os Lakers corriam o risco de perder escolhas no Draft e até não poder contar com George em uma futura negociação – que não é improvável que aconteça – seja via free agency ou uma troca.

A investigação foi conduzida por uma firma independente de advogados e encontrou um email de Rob Pelinka, general manager da equipe, com o agente do jogador após a liga já ter avisado que a conversa entre os dois era fora das regras.  O aviso aconteceu após Magic Johnson, presidente dos Lakers, ter sugerido em uma entrevista ao programa de entrevistas de Jimmy Kimmel, que estava interessado em contar com George.

“Nós respeitamos e aceitamos a decisão da NBA sobre este assunto. Em nome do Los Angeles Lakers, quero expressar meu arrependimento sobre este incidente, tanto para os fãs como a NBA”, disse Pelinka em um comunicado.

A questão do aliciamento vem ganhando força na NBA, já que há diversos casos acontecendo de claro aliciamento mas que a NBA não tem como evitar, como conversas entre jogadores que podem perfeitamente ser arquitetadas por dirigentes e donos.

No caso de Paul George, há pelo menos um ano se sabe que ele tinha interesse em sair dos Pacers e explorar uma ida à Califórnia, seu estado natal e onde mantém residência. No fim, a franquia de Indianapolis trocou ele com o Oklahoma City Thunder, mas nada impede que em 2018, quando seu contrato acabar, o ala não vá para os Lakers.

Comments
To Top