NBA

Lonzo Ball consegue o desejado e é escolhido pelo Los Angeles Lakers na 2ª posição

Lonzo Ball, armador do Los Angeles Lakers

(Crédito: Instagram/reprodução)

Lonzo Ball e seu pai, LaVar, nunca esconderam que o Los Angeles Lakers era o time dos sonhos para o armador de UCLA. E Magic Johnson, mais o general manager Rob Pelinka concordaram com isso, escolhendo o natural de Chino Hills, cidade californiana, com a segunda escolha do Draft de 2017.

Com uma visão de jogo espetacular e um bom arremesso de longa distância, apesar da mecânica bastante feia, Ball resgatou o basquete de UCLA, tradicional universidade americana e chegou ao Sweet Sixteen da NCAA, perdendo para Kentucky.

Só que o basquete vistoso do armador foi colocado de lado nas últimas semanas devido à boca grande do pai de Lonzo, LaVar. O patriarca da família Ball – ele é pai de mais dois filhos que também querem seguir carreira no basquete, LiAngelo e LaMelo – declarou que bateria Michael Jordan em um mano a mano, que Lonzo é melhor que Stephen Curry, que com seu filho nos Lakers o time iria aos playoffs na primeira temporada e ainda montou sua própria marca de material esportivo, a Big Baller. A promessa é bater Nike, Adidas e Under Armour e o primeiro tênis da marca vai entrar nas lojas com um preço salgado de 495 dólares.

Além da questão extracampo, a derrota de UCLA para Kentucky veio em um jogo bastante apagado de Ball e espetacular do armador rival, De’Aaron Fox, selecionado na quinta posição pelo Sacramento Kings.

Tudo isso fez surgir dúvidas se os Lakers encarariam Lonzo e o peso de um pai falante. Entretanto, Magic Johnson nunca se mostrou preocupado com esse assunto e claramente acha que pode lidar com ele, já que escolheu o armador com a valiosa segunda posição e ainda despachou D’Angelo Russell, segunda escolha do Draft de 2015, para o Brooklyn Nets na terça-feira, o que já tinha sido um claro indício que tinha feito sua decisão por Ball já.

Antes do draft, Lonzo e LaVar não esconderam que o segundo maior campeão da história da NBA era o destino desejado, negando um encontro com o Boston Celtics, que detinha a primeira escolha antes de trocá-la com o Philadelphia 76ers.

No fim, tudo está nos planos para a família Ball. Só falta Lonzo jogar.

Comments
To Top