NBA

LeBron James quase chega a triple-double e Miami Heat volta a vencer Clippers em Los Angeles

(Crédito: Instagram/Reprodução)

(Crédito: Instagram/Reprodução)

Dia 9 de dezembro de 2007. Essa havia sido a última vez que o Miami Heat havia superado o Los Angeles Clippers fora de casa. E a série foi encerrada nesta madrugada de quarta para quinta-feira. Jogando no Staples Center, o time da Flórida dominou boa parte do confronto, chegou a sofrer um pouquinhos nos minutos finais, mas segurou a vantagem e venceu na Califórnia pelo placar de 116 z 112.

O grande nome do Miami Heat no confronto foi LeBron James, que saiu de quadra com 31 pontos, 12 assistências e oito rebotes, quase um triple-double, além de três roubos de bola. Apesar disso, o cestinha do jogo foi Blake Griffin, dos Clippers, que fez uma partida muito positiva e terminou com 43 pontos, 15 rebotes e seis assistências, mas não evitou o revés de sua equipe.

Também do lado do Miami Heat, Chris Bosh contribuiu com 15 pontos, oito rebotes e quatro assistências, Dwyane Wade, que disputou a 700ª partida de temporada regular de sua carreira, fez 14 pontos, três rebotes e distribuiu oito assistências, e Ray Allen saiu do banco para anotar 15 pontos, sendo três deles em uma bola decisiva convertida no último quarto.

Pelos Clippers, além de Blake Griffin, Jamal Crawford teve uma apresentação muito consistente e fez 31 pontos, três rebotes e seis assistências, além de três roubos de bola. Já DeAndre Jordan terminou com um double-double de 16 pontos e mesmo número de rebotes, e Matt Barnes fechou com 12 pontos, sete rebotes e quatro assistências.

Com o resultado, o Miami Heat, que estava  encerra um jejum de seis anos sem vencer os Clippers em Los Angeles e fica com campanha de 35 vitórias e 13 derrotas, estando na segunda colocação da Conferência Leste, atrás somente do Indiana Pacers, que tem 38 vitórias e dez derrotas. Já o Los Angeles Clippers perde a segunda consecutiva, fica com 34 vitórias e 18 derrotas e permanece na quarta colocação do Oeste.

O Los Angeles Clippers volta a entrar em quadra na madrugada de sexta para sábado, à 1h30 (de Brasília), quando recebe o Toronto Raptors, novamente diante de sua torcida. Já o Miami Heat joga à meia-noite de sábado para domingo, quando mede forças com o Utah Jazz, na EnergySolutions Arena.

O jogo – O primeiro quarto de partida no Staples Center foi nada menos do que alucinante. Jogando um basquete ofensivo e insinuante, as duas equipes partiram para cima do adversário. Com grandes participações de Dwyane Wade, Mario Chalmers, LeBron James, Chris Bosh e Shane Battier, o Heat terminou o período com 12 pontos de vantagem no marcador: 36 a 24. Foi o melhor primeiro quarto da temporada para a franquia da Flórida em termos de pontos.

No segundo quarto, depois de uma primeira etapa eletrizante, era normal que ambos os times caíssem um pouco de produção. E foi isso que ocorreu. O Miami Heat começou melhor, chegando a abrir 43 a 24, mas então os donos da casa equilibraram as ações, principalmente por conta das boas atuações de Jamal Crawford e Blake Griffin. Desta forma, a vantagem do Miami Heat, que chegou a ser de 19 pontos, caiu para apenas sete pontos, depois da cesta de três de Crawford, no estouro do cronômetro. A franquia da Flórida foi para os vestiários vencendo pelo placar de 62 a 55.

No terceiro quarto, o Miami Heat se recuperou, depois de deixar o Los Angeles Clippers diminuir o prejuízo antes do intervalo, e terminou o período com 14 pontos de folga: 89 a 75.

Apesar disso, o quarto e último quarto ainda reservaria muita emoção. Nos primeiros minutos da última etapa, o time da Flórida administrou a vantagem, mas a equipe visitante não contava com um Blake Griffin inspirado, que marcou muitos pontos e chegou a ajudar sua equipe a diminuir a desvantagem para apenas dois pontos (109 a 107).

Quando o placar caiu para 109 a 107, o técnico Erik Spoelstra, do Heat, pediu tempo técnico e, logo depois, apareceu o decisivo Ray Allen, que recebeu passe de Dwyane Wade após bela jogada e converteu uma crucial bola de três pontos com 42 segundos restantes.

Depois disso, os Clippers chegaram a encostar novamente, após bola de três de Griffin (115 a 112), mas os donos da casa não conseguiram reagir e viram a derrota para o Miami Heat se confirmar.

Confira todos os resultados desta quarta-feira na NBA (5 de fevereiro):

Cleveland Cavaliers 108 x 119 Los Angeles Lakers
Philadelphia 76ers 108 x 114 Boston Celtics
Washington Wizards 118 x 125 San Antonio Spurs
Orlando Magic 112 x 98 Detroit Pistons
New York Knicks 90 x 94 Portland Trail Blazers
Houston Rockets 122 x 108 Phoenix Suns
Memphis Grizzlies 96 x 110 Dallas Mavericks
New Orleans Pelicans 105 x 100 Atlanta Hawks
Oklahoma City Thunder 106 x 97 Minnesota Timberwolves
Denver Nuggets 110 x 100 Milwaukee Bucks
Sacramento Kings 109 x 101 Toronto Raptors
Los Angeles Clippers 112 x 116 Miami Heat

Para conferir a classificação da NBA, clique aqui

.

Comments
To Top