NBA

LeBron e Kyrie fazem história e Cavaliers evitam título dos Warriors

Irving Cavaliers

Crédito: Instagram/reprodução

Kyrie Irving e LeBron James não deixaram as finais da NBA em 2016 terminar em cinco jogos. Os dois fizeram mais de 40 pontos (41 para ambos), algo que nunca aconteceu na história das finais, e carregaram o Cleveland Cavaliers na partida 5, batendo o Golden State Warriors por 112 a 97.

Ainda é improvável a vitória da franquia de Ohio, já que precisa de mais dois triunfos e nunca uma equipe virou um 3 a 1 na série decisiva, mas pelo menos o time respira para jogar mais uma vez em casa, na próxima quinta-feira.

Os Warriors podem reclamar da ausência de Draymond Green, suspenso pela NBA para a partida. Mas Andre Iguodala, que entrou no lugar, teve boa produção. O mesmo não se pode dizer de Harrison Barnes, com apenas 2 arremessos certos em 14 tentados. Stephen Curry, mesmo com 21 pontos, também foi mal, com apenas oito tiros certos em 21. Quem salvou foi Klay Thompson, que teve 37 pontos, mas não conseguiu evitar a derrota.

O jogo

Os Warriors conseguiram abrir bem o jogo, com Stephen Curry e Klay Thompson mostrando que o jogo 4 foi mesmo uma liberação da marcação sufocante dos jogos anteriores. Só que os Cavaliers não ficaram plantados olhando: LeBron James começou de forma agressiva, acertando até bola de três. E Kyrie Irving estava sensacional: no começo do segundo quarto ele tinha seis arremessos certos em sete para 14 pontos. Assim, os dois times trocaram lideranças.

Kyrie e Klay dominaram o jogo no segundo quarto, trocando bolas de três e com a liderança na pontuação de seus times. Thompson em especial estava pegando fogo, com cinco bolas de três e 23 pontos ainda na metade do segundo período, mas a defesa dos Warriors não estava segurando o ataque dos Cavs e o placar continuou disputado. Um turnover gerado por um roubo de bola de Irving fez os visitantes ficarem quatro pontos à frente.

E chegando no intervalo, LeBron apareceu de novo. Vaiado a cada bola que pegava, o quatro vezes MVP explorou as infiltrações com os dois times usando quintetos baixos e sem dar grande espetáculo somou brilhantes 26 pontos e 8 rebotes já no intervalo.

A partida foi para o descanso empatado em 61. Os dois ataques finalmente imperaram na série, com os Cavaliers arremessando 54% da quadra e os Warriors com 11 bolas de três e 52% de aproveitamento nesses arremessos longos.

Na volta do intervalo, nada deu certo para os atuais campeões. Oito arremessos seguidos dos mandantes não entraram e Andrew Bogut saiu lesionado. Os Cavs chegaram a liderar por 10, com LeBron simplesmente imparável e Irving indo atrás, com sua quarta bola de três em cinco tentadas.

Tentando algo diferente, os Warriors começaram a fazer faltas rápidas em Tristan Thompson para levar ele para a linha de lance livre. Mas não adiantou muito, já que os Cavs pontuavam do mesmo jeito e os Warriors não conseguiam mais pontuar com a mesma facilidade de antes. Com o terceiro quarto terminando, a diferença estava em 11 e caiu para nove depois de uma bandeja de Harrison Barnes. Kyrie Irving tinha 29 pontos, LeBron James somava 36 pontos, 12 rebotes e 6 assistências. Klay estava logo atrás com 35 pontos, mas faltava Curry, que com 18 pontos e cinco de 13 nos arremessos, estava mal na partida.

Mas ele tentou mudar isso com uma bola de três logo na primeira jogada do último quarto. Só que nada mudou no fim: Irving e LeBron simplesmente estavam perfeitos. Irving com dois pontos e a falta chegou a 34 pontos e mais LeBron com 38, os Cavs estavam com folga de 10 faltando sete minutos para o final.

E três cestas seguidas de Kyrie colocaram uma pequena reação dos atuais campeões por água abaixo. Com 17 de 22 nos arremessos, o camisa 2 estava simplesmente impossível, com 41 pontos. E ele mais o camisa 23 já tinham as melhores pontuações da temporada, colocando 13 pontos de frente. E a resposta dos Warriors não veio; o time tentava bolas de três mas apenas 3 em 21 nesse quesito na segunda metade derrubaram o ataque do time e a chance de ouro de fechar as finais na partida 5 foi pelo ralo.

Nenhuma dupla na história da NBA conseguiu fazer 40 pontos ou mais cada nas finais. Hoje foi o dia.

Popular

Copyright © 2015-2021 - https://www.quintoquartobr.com/

+18 Jogue com responsabilidade


Copyright QuintoQuartoBR

To Top