NBA

Kyrie Irving volta a afirmar que ida para o Boston Celtics é para “aperfeiçoar seu jogo”

Kyrie Irving Celtics

Crédito: Instagram/reprodução

Kyrie Irving foi ao programa ‘First Take’ da ESPN americana, conhecido pelos seus debates muitas vezes polêmicos envolvendo o jornalista Stephen A. Smith e Max Kellerman, que substitui o completamente maluco e odiado Skip Bayless, hoje na Fox Sports dos Estados Unidos.

E o agora armador do Boston Celtics conseguiu escapar do bombardeio com respostas curtas, mas sem ser político.

Perguntado novamente se ele tinha se comunicado com LeBron James logo antes ou depois de ter pedido para ser trocado para a direção do Cleveland Cavaliers, Irving não fugiu da resposta.

“Eu não acho que deva algo para outra pessoa quando se trata de decidir o que quero fazer da vida. Não é algo pessoal. Não estou aqui (no programa) para atacar uma pessoa ou a organização porque não tenho nada além de amor por Cleveland. Nada além de amor pelo tempo que passei ali”, disse o camisa 11.

Segundo ele, a troca não foi realizada para ele ser “o cara” de uma equipe e sim para aperfeiçoar seu jogo, declarando que ele não tem um “ego” para alimentar.

“Estou animado para me tornar algo que sempre me imaginei sendo, um armador completo em uma boa equipe. Quero poder sair de pick and rolls e poder dissecar a defesa”, declarou Irving. Sobre esse assunto, ele fez sua declaração mais ‘pesada’: “eu não sou só esse cara de jogo individual que quer partir para o mano a mano toda vez. Não é assim que vejo o jogo”, afirmou.

Em Boston, ele fará parte de um jogo que valoriza mais o coletivo, comparando com Cleveland. Sem LeBron, ele terá espaço para se provar, sem dúvidas. Mas também mais atenção das defesas.

Comments
To Top