NBA

Jason Kidd ataca diretoria dos Nets

(Fonte: Reprodução/Instagram)

(Fonte: Reprodução/Instagram)

Em 2013, com a chegada de estrelas como Kevin Garnett e Paul Pierce, o Brooklyn Nets projetava o título da NBA. Sob o comando do estreante Jason Kidd, a equipe alcançou apenas uma semifinal na conferência leste e desde então o treinador foi buscar novos ares em Milwaukee.

O técnico retorna hoje a Nova Iorque, para enfrentar o New York Knicks, em partida válida pela pré-temporada da liga e agora como líder do Bucks ele opinou pela primeira vez sobre a saída de Brooklyn. “Eu acho que uma vez os Nets deram ok para as conversas com o Milwaukee, isso força aos rumores, ou seja lá como vocês chamem. Isso mostrou que eles queriam me demitir desde dezembro”, disse Kidd.

O comandante balançou no cargo, em dezembro do ano passado, quando a equipe atingiu 10 vitorias em 31 jogos. Apesar de ter avançado aos playoffs com uma campanha de 44 vitórias e 38 derrotas, a sexta no leste, os Nets foram eliminados pelo Miami Heat, na semi-final da conferência.

Ao final da temporada o treinador ofereceu uma condição para continuar: além de ser o técnico, ele se tornaria o comandante das operações de basquete. O Nets recusou e o envolveu em uma troca com o s Bucks, recebendo duas segundas escolhas do draft (a primeira em 2015 e a segunda em 2019).

Na temporada 2014/15, Kidd vai enfrentar seu ex-clube no dia 19 de novembro, no Barclays Center.

Comments
To Top