NBA

Gordon Hayward escolhe Boston Celtics; time ainda terá que liberar espaço na folha

Utah Jazz Gordon Hayward

Crédito: Instagram/reprodução

Gordon Hayward escolheu voltar a ser treinado por Brad Stevens, seu técnico na Universidade de Butler, e vestir o verde do Boston Celtics. O ala se comprometeu a assinar com a franquia mais vitoriosa da NBA segundo fontes relataram a Adrian Wojnarowski da ‘ESPN' americana.

Atualização: no meio da tarde de ontem, após a divulgação da notícia que o jogador tinha escolhido os Celtics, seu agente declarou que ainda não tinha acontecido uma decisão. Horas depois, em artigo publicado no The Players Tribune, Gordon Hayward confirmou em um texto em primeira pessoa que jogaria pela franquia de Massachusetts.

Hayward era um dos free agents mais renomados nesta offseason e seu destino um dos mais em aberto, já que Stephen Curry, Kevin Durant, Kyle Lowry, entre outros, tinham expectativa de ficar onde estavam. Já o camisa 20 tinha o Utah Jazz, time pelo qual jogou desde 2010, quando foi draftado, concorrendo com os Celtics, Miami Heat, entre outros.

Com 21,9 pontos por jogo, mais 5,4 rebotes e 3,4 assistências, o ala solidificou sua posição entre os melhores da NBA e levou seu time até a segunda rodada dos playoffs. Entretanto, mesmo com um time bom, contando com o pivô Rudy Gobert, George Hill (que assinará com o Sacramento Kings) e mais um elenco interessante, a equipe de Salt Lake City não foi páreo para o Golden State Warriors.

E essa pode ser uma razão para o atleta ter decidido mudar de ares. Na Conferência Leste o campo é aberto, com o Cleveland Cavaliers como favorito, mas após o time campeão na temporada retrasada, há um vácuo que os Celtics ocuparam na temporada passada e agora podem ocupar de novo e até desafiar os Cavs não só na temporada regular, mas também nos playoffs.

Hayward se junta a Isaiah Thomas e Al Horford como o núcleo dos novos Celtics. Mas ainda há que definir certas coisas, como quem fica para o ala ex-Jazz chegar. Segundo Bobby Marks, da ESPN americana, o time teria que abrir mão de Kelly Olynyk, Jonas Jerebko, Gerald Green, James Young e ainda liberar Jordan Mickey e Demetrius Jackson. Todos eles, nada muito traumatizante. Mas mesmo com tudo isso, ainda teria que rolar uma troca para liberar espaço envolvendo Terry Rozier ou Marcus Smart.

O Boston Celtics tem até o dia 7 para fazer isso e ainda assinar com Gordon Hayward quando o período de moratória acabar. Mas o mais importante já foi feito.

Popular

Copyright © 2015-2021 - https://www.quintoquartobr.com/

+18 Jogue com responsabilidade


Copyright QuintoQuartoBR

To Top