NBA

Gibson é expulso após confusão com Dellavedova

Crédito: Instagram/reprodução

Crédito: Instagram/reprodução

O confronto entre Cleveland Cavaliers e Chicago Bulls, na semifinal da Conferência Leste tem se tornado uma das séries mais competitivas da liga. A prova disso foi o episódio envolvendo o pivô Taj Gibson e o armador Matthew Dellavedova, no jogo cinco, realizado ontem (12), em Cleveland.

Gibson, que começou no lugar do lesionado Pau Gasol, recebeu uma falta flagrante dois, que acarreta em eliminação do jogo por chutar o jogador dos Cavs, no chão, após uma disputa de rebote.

O incidente ocorreu com no começo do último quarto, após uma tentativa de arremesso do armador Aaron Brook. Dellavedova, que vinha se estranhando com o pivô, tentou fazer a proteção para evitar o rebote do adversário, porém os dois acabaram colidindo e indo para chão após a disputa da bola. Ao se levantar, Gibson se enroscou nas pernas do australiano, que por sua vez travou os calcanhares do jogador, dificultando sua saída. Taj então deu um chute no atleta o que gerou uma pequena confusão entre os membros de ambos os times.

Com os ânimos controlados, Gibson foi expulso pela arbitragem após a revisão da jogada. “Eu não chutei ele,” declarou Gibson. “Ele me travou com as pernas. Eu tentei sair, é claro. Eles não chamaram uma falta para isso, eu apenas puxei minha perna.”

Já o australiano declarou que mal entendeu o lance e quando viu foi acertado pelo adversário. “Eu não sei direito. Eu estava tentando me levantar e houve uma confusão e eu senti um chute”, disse o jogador após a partida.

No fim, os Cavs venceram o confronto por 106 a 101 e lideram a série por 3 a 2.

Comments
To Top