NBA

Fastbreak: Westbrook suspenso, LeBron e seu pior quarto, Bogut deve estrear

Fastbreak: boletim de notícias sobre a melhor liga de basquete do mundo, a NBA

– Russell Westbrook não irá jogar contra o Miami Heat nesta segunda-feira. O armador do Oklahoma City Thunder teve uma suspensão automática depois de receber a 16ª falta técnica da temporada contra os Warriors. Agora, a cada duas técnicas, ele irá ganhar mais um jogo de punição sem poder receber.

– O Milwaukee Bucks teve uma péssima notícia neste fim de semana. Malcolm Brogdon teve que operar o pé devido a uma fascite plantar e segundo a ESPN, deve perder de seis a oito semanas de jogos. Isso indica que os Bucks não terão o jogador no começo dos playoffs.

– A retirada do coágulo e posterior cirurgia no braço direito foram bem sucedidas e Brandon Ingram deve poder voltar às quadras para a próxima temporada dos Lakers sem problema. O problema sanguíneo inspirou receio, já que recentemente, Chris Bosh teve que encerrar a carreira por problema semelhante. Entretanto, Ingram parece ter tido um caso menos perigoso para sua saúde.

– O último quarto péssimo de LeBron James contra o New York Knicks parecia o pior de sua carreira para quem viu o jogo. E os números concordam: ele nunca tinha errado 11 arremessos em um período como fez no jogo deste domingo. Foram 15 tentativas e apenas 4 certas. E na última ele ainda levou um toco de Mario Hezonja quando tentava virar a partida (124 a 123). A fase é realmente ruim.

– CJ McCollum teve um estiramento no joelho e deve ficar pelo menos uma semana fora dos jogos dos Blazers. O ala-armador sofreu a lesão partindo para a cesta contra os Spurs. Ele caiu imediatamente e pegou no joelho, algo que sempre preocupa. No fim, a lesão não é tão séria e McCollum segue provando que é de borracha: até agora em sua carreira ele só perdeu seis dos 315 jogos que sua franquia fez.

– Andrew Bogut pode fazer sua reestreia na NBA já nesta segunda-feira, contra o San Antonio Spurs. O australiano estava na Australian National Basketball League quando foi recrutado pelo Golden State Warriors, onde jogou por quatro anos e venceu o título em 2015. Apesar do pouco tempo de treino, ele pode ter espaço por causa das dores de DeMarcus Cousins no pé direito. Cousins irá fazer uma ressonância magnética para saber se há uma lesão.

 

Comments
To Top