NBA

Fastbreak: “ações falam mais do que palavras”, diz Wade em meio a protestos

Fastbreak: jogo rápido com notícias do mundo da NBA

– O ala-armador Dwyane Wade, do Chicago Bulls, está feliz com a politização e as manifestações dos atletas. Porém, ele destaca que isso não é o mais importante. “Ações falam mais alto do que as palavras que você diz. Temos que continuar fazendo coisas nas nossas comunidades para aumentar o nível”, disse o camisa 3.

– Depois de uma temporada de estreia sensacional, Kristaps Porzingis quer mais no coletivo, para o seu New York Knicks. Reforçado com Joakim Noah, Brandon Jennings, Courtney Lee e Derrick Rose, o letão disse que o objetivo número 1 da franquia na próxima temporada é chegar aos playoffs.

– O chinês Yi Jianlian está voltando à NBA, agora com a camisa do Los Angeles Lakers. Depois de não ter ido bem após ser draftado em 2007 com a sexta escolha (Milwaukee Bucks), o jogador volta mais confiante. E segundo ele adaptar da liga chinesa e jogos da seleção para a NBA não é tudo isso: “não acho que terei um problema com isso. Eu consigo fazer”.

– Mesmo com campanha de LeBron James e o mesmo empresário. J.R. Smith ainda não conseguiu um novo acordo com o Cleveland Cavaliers. O time já está acima do teto salarial e o ala-armador recusou sua player option antes da free agency justamente para ter um contrato maior que os US$ 5,3 milhões que estavam garantidos. Segundo fontes contaram à ESPN americana, a representação do jogador não pensa em desistir e o atleta pode perder parte do training camp, apesar de ressaltar que quer continuar no time onde foi campeão.

– San Antonio Spurs contrata Monty Williams para ser vice-presidente de operações de basquete. O ex-jogador da franquia e ex-head coach do New Orleans Pelicans vai trabalhar na direção, que teve diversas mudanças nesta offseason. Na temporada passada Williams foi assistente técnico na comissão do Oklahoma City Thunder até a trágica morte de sua mulher Ingrid em um acidente de carro. Depois de sair da franquia de OKC ele ainda participou da comissão técnica da seleção americana no Rio de Janeiro.

– Stephen Curry torce por mudança em lei polêmica no seu estado natal da Carolina do Norte. A House Bill 2 proibiu que pessoas transgêneras usem banheiros do gênero que elas se reconhecem, além de eliminar outras medidas anti-discriminação. Diversas empresas, artistas e até a NBA se posicionaram contra, com a liga tirando o All-Star Game de Charlotte.

 

Popular

Copyright © 2015-2021 - https://www.quintoquartobr.com/

+18 Jogue com responsabilidade


Copyright QuintoQuartoBR

To Top