NBA

Dono dos Warriors diz que time fará “o que for necessário” para manter Stephen Curry

Stephen Curry Warriors

Crédito: Instagram/reprodução

Uma boa razão para os dois títulos e mais uma final de NBA em três anos do Golden State Warriors é o jogo de Stephen Curry. Uma outra boa razão para esses resultados incríveis foi o contrato que o armador assinou em novembro de 2012, de apenas US$ 44 milhões por quatro anos. Mas nesta offseason, o caminhão de dinheiro vai vir com uma caçamba maior e o dono da franquia, Joe Lacob, sabe disso.

O Bay Area News Group entrevistou o proprietário e ele não deixou espaço para dúvidas.

“Vamos fazer o que for necessário para manter Steph aqui e feliz. E eu sei que ele quer ficar aqui e nós queremos ele aqui. Então não penso que haverá problemas quanto a ele ficar”, disse Lacob.

O armador pode receber até US$ 205 milhões por cinco anos, aproveitando, aos 29 anos, do último aumento do teto salarial, que explodiu na offseason passada e deve subir um pouco mais nesta. Uma coisa interessante a se notar é se o jogador vai aceitar abrir mão de um pouco de dinheiro nesse contrato para acomodar reforços e a manutenção de jogadores vitais como Andre Iguodala e Shaun Livingston, também free agents nesta offseason.

O contrato anterior de Curry era ridiculamente baixo para um jogador duas vezes MVP da NBA e líder de uma equipe campeã porque ele foi assinado logo antes do armador se posicionar como um dos maiores da liga. Em 2012 todos sabiam que o camisa 30 era muito bom, mas lesões no tornozelo colocavam em dúvida se ele alcançaria o próximo escalação.

Na época, ele recebeu menos que Eric Gordon (US$ 52 milhões do New Orleans Hornets) e Ty Lawson (US$ 48 milhões do Denver Nuggets). Ou seja, pode ter certeza que o aumento é merecido.

Popular

Copyright © 2015-2021 - https://www.quintoquartobr.com/

+18 Jogue com responsabilidade


Copyright QuintoQuartoBR

To Top