NBA

Dono dos Timberwolves quer encontro com Andrew Wiggins antes de acertar extensão

Andrew Wiggins Timberwolves

Crédito: Instagram/reprodução

Andrew Wiggins pode acertar uma extensão de US$ 150 milhões a qualquer momento, cortesia da nova CBA. Mas o dono do Minnesota Timberwolves, Glen Taylor, quer antes um encontro com sua estrela para saber o nível de comprometimento  e visão de futuro do ala. Palavras do próprio.

“Para mim, ao fazer esta oferta, eu acredito que a contribuição para o time será maior no futuro. Nós temos que ser melhores. Ele não pode ser pago (os US$ 150 milhões) pelo que faz hoje. Ele precisa ser melhor”, disse o dono à Associated Press.

“Então quando falarmos de negócios, já estou esclarecendo que estou disposto a pagar o valor máximo. Mas há coisas que eu preciso dele e uma delas é o comprometimento em ser um melhor jogador que ele é hoje”, declarou Taylor.

Escolhido pelo Cleveland Cavaliers com a primeira posição no Draft de 2014, Wiggins foi trocado para os Timberwolves na negociação por Kevin Love. Desde que chegou, ele evoluiu seu jogo ofensivo, chegando a 23,6 pontos de média na temporada passada, a primeira com Tom Thibodeau como treinador e presidente de operações.

Entretanto, os T-Wolves nunca chegaram aos playoffs com Wiggins e nem com Love. Ou seja, a seca de pós-temporada é grande. E com Karl-Anthony Towns e mais Jimmy Butler, no negócio desta offseason, Taylor, os fãs e toda a NBA esperam Minnesota de volta aos playoffs. E Wiggins precisa ser um dos que se sobressaem, não só no ataque, mas também defensivamente. O ala canadense foi mal nesse aspecto e com Thibs com certeza não pega bem se esforçar menos ao evitar pontos.

Mas com 22 anos e Butler ao lado, com certeza dá para aprender. E US$ 150 milhões na conta ajudam na motivação.

Popular

Copyright © 2015-2021 - https://www.quintoquartobr.com/

+18 Jogue com responsabilidade


Copyright QuintoQuartoBR

To Top