NBA

Dono dos Suns diz que está comprometido com Phoenix após polêmica

robert sarver phoenix suns

Crédito: Instagram/reprodução

O dono do Phoenix Suns, Robert Sarver, teve que vir a público desmentir a informação do jornal “The Arizona Republic”, que publicou que o proprietário da franquia ameaçou, para um representante público, levar a equipe para Las Vegas ou Seattle caso uma proposta de remodelação da Talking Stick Resort Arena não tivesse o apoio financeiro da cidade de Phoenix.

Sarver fez um vídeo falando sobre o assunto, publicado no seu Twitter. Ele, logo de cara, negou a informação. “Estou 100% dedicado em manter o time onde estamos. E quero que esta mensagem chegue de forma transparente a todos vocês”.

A proposta de remodelação tem um custo de US$ 230 milhões e chega poucos anos antes de uma cláusula que permite que os Suns deixem a arena sem custos. Esse prazo seria 2022, 30 anos depois do começo do lease, que tem um tempo total de 40 anos.

A votação para a aprovação do projeto foi adiada para os habitantes da cidade comparecerem a cinco audiências públicas que discutirão a ideia.

A arena dos Suns é a mais antiga da NBA que ainda não está sendo renovada. E, pior que isso, com o péssimo desempenho da franquia nos últimos anos, a base de fãs não está lá muito empolgada em encher os bolsos de Sarver, o que teria feito a informação do The Arizona Republic ser mais pertinente ainda.

A cereja do bolo é o fato que Sarver é conhecido por ter um temperamento “agitado”, demitindo treinadores e general managers como quem troca de cueca. Ele foi gravado discutindo com um fã, que exigiu que ele vendesse o time, nas últimas semanas.

Mas Robert Sarver negou a informação que Seattle ou Las Vegas estejam no radar. Vamos ver se é verdade.

Comments
To Top