NBA

Doc Rivers lamenta saída de Chris Paul e declara que desejo de sair era do jogador

Chris Paul Blake Griffin

Crédito: Instagram/reprodução

A saída de Chris Paul ainda está dando repercussão no Los Angeles Clippers. Prestes a entrar na free agency, o armador foi trocado para o Houston Rockets por uma série de jogadores, incluindo Patrick Beverley, Lou Williams e Sam Dekker. E claro que uma das pessoas que tinha que falar é Doc Rivers, treinador e presidente de operações da franquia.

Em entrevista a ESPN americana, Rivers declarou que não está bem com a saída de seu armador e fim do núcleo dele com Blake Griffin e DeAndre Jordan.

“Essa parte acabou. E me incomoda. Mas não vamos parar de tentar alcançar nosso objetivo. Algumas vezes temos que fazer de um jeito diferente. Porque o que tentamos não funcionou”, disse Rivers.

Mas o que surpreendeu foi a fala de Doc Rivers sobre quem apertou o gatilho ou não. Até agora a narrativa tinha sido que os Clippers não queriam perder Chris Paul sem nada em troca caso ele saísse na free agency para outro time. Rivers confirmou isso, mas adicionou um toque a mais.

“Ele é o que decidiu sair. Isso não faz dele um vilão. Ele tinha o direito de fazer isso e não tenho problema com isso. É isso que a free agency significa”, afirmou o treinador, que confirmou que a decisão do armador já estava pronta e ele ia mesmo sair da franquia da Califórnia.

“Eu fiquei desapontado com a decisão? Sim. Eu acho que ele tinha uma chance melhor de vencer com nós. Não concordei com isso. E tudo bem, não é culpa de ninguém. A culpa é nossa que não fomos bem o suficiente para segurar ele. Nós tivemos um papel nisso. Mas Chris também. Ele estava no time que não venceu”, declarou Rivers.

 

Popular

Copyright © 2015-2021 - https://www.quintoquartobr.com/

+18 Jogue com responsabilidade


Copyright QuintoQuartoBR

To Top