NBA

Dia 22 dos playoffs: Warriors e Rockets abrem 3 a 1 nas suas séries

Kevin Durant Golden State Warriors

Crédito: Instagram/reprodução

 

New Orleans Pelicans (1-3) 92 x 118 Golden State Warriors (3-1)

Depois de um jogo 3 tímido, para dizer o mínimo, Kevin Durant começou o Jogo 4 contra os Pelicans decidido a deixar sua marca. E ele conseguiu fazer isso, com 38 pontos em uma vitória tranquila dos atuais campeões, que abriram 3 a 1 na série e agora se aproximam de mais uma final de conferência, a quarta seguida.

Logo de cara o ala pediu a bola e marcou em duas cestas seguidas e os Warriors continuaram alimentando ele nos seus melhores momentos. Quando o primeiro quarto terminou, o placar mostrou 15 pontos de diferença.

E isso se deveu também ao péssimo aproveitamento da equipe mandante. O time acertou 36% dos arremessos e atrás da linha de três foram miseráveis quatro bolas certas em 26 tentados.

Com isso o desempenho de seus principais jogadores caiu. Anthony Davis teve 26 pontos e 12 rebotes, mas acertou apenas oito arremessos em 22 tentados. Rajon Rondo teve apenas seis assistências depois de ter somado 21 no Jogo 3.

Assim a diferença chegou a 26, com Stephen Curry – 23 pontos – na cola de Durant acabando aos poucos com a empolgação do público no Smoothie King Center.

Chris Paul Rockets

Crédito: Instagram/reprodução

Utah Jazz (1-3) 87 x 100 Houston Rockets (3-1)

O Utah Jazz conseguiu cortar a diferença dos Rockets duas vezes, mas a equipe do Texas mostrou sua força ofensiva, com Chris Paul assumindo o protagonismo. E na defesa, Clint Capela foi mais Rudy Gobert que o próprio Rudy Gobert, com seis tocos e 15 rebotes (mais 12 pontos). Agora a equipe de Houston volta para a sua cidade com 3 a 1 na série.

Foi um jogo complicado para o time da casa, que teve que correr atrás do placar pela maioria do jogo e ainda perdeu Dante Exum, importante tanto marcando Harden como pontuando (9 só no primeiro quarto).

Quando o time teve uma sequência de 10 pontos contra 2 dos rivais, ficando a cinco de distância no placar, Paul acertou um jumper e deu uma assistência para Trevor Ariza matar de três. Ou seja, ele foi o armador fazendo a função pela qual ele foi contratado. No fim foram 27 pontos, 12 rebotes e 6 assistências.

Assim James Harden não precisou se matar e teve 24 pontos, mesmo com uma noite ruim de três (1 de 7).

Donovan Mitchell mais uma vez fez o possível no ataque, terminando com 25 pontos. O problema é que seu aproveitamento foi ruim (33,3%, 8 de 24) e ele terminou saindo por faltas. Parece mesmo que a trajetória do divertido Jazz está acabando. O Jogo 5 será na terça-feira.

 

Comments
NFL, NBA e MLB. Notícias, relatos e colunas. E uma pitada de humor de tiozão. Contato: [email protected]
Copyright © 2021 - https://www.quintoquartobr.com/

+18


Jogue com responsabilidade


Copyright © 2015 The Mag Theme. Theme by MVP Themes, powered by Wordpress.

To Top