NBA

Dia 14 dos Playoffs: Raptors e Jazz se classificam, Pacers atropelam

Victor Oladipo Indiana Pacers  

Indiana Pacers (3-3) 121 x 87 Cleveland Cavaliers (3-3)

Depois de vários jogos equilibrados, o Indiana Pacers simplesmente destruiu o Cleveland Cavaliers para forçar um Jogo 7. Domantas Sabonis teve mais um ótimo jogo vindo do banco com 19 pontos em nove arremessos certos de 11. E Victor Oladipo se recuperou depois de uma série de jogos ruins com um triplo-duplo de 28 pontos, 13 rebotes e 10 assistências.

No intervalo a distância era de 10 pontos, mas nesta série já vimos várias vezes essas vantagens evaporarem. Só que foi justamente o inverso: no terceiro quarto os Pacers acertaram tudo, com 35 pontos. O time tentou 30 bolas de 3 no jogo e acertou metade.

Para os Cavs, que nem jogaram com os titulares no último quarto, fica a preocupação com Kevin Love, que parece ter machucado seu punho esquerdo.

O jogo 7 será na Quicken Loans Arena em Cleveland, neste domingo.

Donovan Mitchell Utah Jazz

Utah Jazz (4-2) 96 x 91 Oklahoma City Thunder (2-4)

O supertime do Thunder foi eliminado por um calouro. E isso nem é uma ofensa, porque Donovan Mitchell não é um calouro normal. O jogador do Jazz teve 38 pontos e carregou o time na pontuação contra um Thunder deprimente ofensivamente.

Russell Westbrook arremessou 43 vezes, conseguindo 46 pontos. Paul George arremessou 16 vezes e acertou apenas dois. Carmelo Anthony teve sete pontos, jogando apenas 26 minutos.

Mas mesmo assim a equipe parecia repetir o roteiro do jogo 5. Depois de ficar treze pontos atrás com sete minutos faltando, o Thunder teve uma sequência de 18 pontos contra seis dos rivais e ficou à frente por um ponto com 1:28 faltando.

Favors conseguiu colocar o Jazz à frente novamente e na jogada seguinte veio a polêmica da noite: o Thunder pegou cinco rebotes ofensivos, errou todos os arremessos, o último deles com Paul George tentando uma falta e tendo o contato com Rudy Gobert. Os árbitros não marcaram nada. Mitchell fechou com dois lances livres seu jogo incrível, com 22 pontos só no terceiro quarto. E assim decidiu sua primeira série na vida.

Kyle Lowry Toronto Raptors

Washington Wizards (2-4) 92 x 102 Toronto Raptors (4-2)

No momento que um time ganhou fora de casa, ele levou a série e essa equipe foi o Toronto Raptors. Os canadenses foram até Washington e venceram, com a melhor partida de Kyle Lowry na pontuação: 24 pontos e 12 assistências.

Mas o principal fator para o triunfo e classificação foi um banco inspirado, bastante superior aos reservas dos Wizards, no segundo tempo. Foram 21 pontos dos reservas contra apenas 6 dos rivais e 15 a 3 nos rebotes. Por isso os Raptors, que estavam atrás no intervalo e chegaram a ter uma desvantagem de duplo-dígito, passaram à frente e venceram com folga.

Agora o Toronto Raptors não vai ter muito tempo para descansar, mas a sorte é que seu próximo rival, seja Indiana Pacers ou Cleveland Cavaliers, vai disputar um jogo 7.

Comments
To Top