NBA

Dia 1 dos playoffs: Warriors e 76ers atropelam, Pelicans “roubam” e Raptors vencem

O Quinto Quarto fará um resumo de todas as partidas dos playoffs da NBA, indo dia a dia. Com várias séries em jogo, este post servirá para concentrar toda a informação, com números, opinião e vídeos.

Golden State Warriors (1-0) 113 x 92 San Antonio Spurs (0-1)

Como prometeu Steve Kerr, os Warriors subiram de nível com o começo dos playoffs, especialmente do lado defensivo. O time limitou os Spurs a 92 pontos e 40% nos arremessos de quadra e viu Klay Thompson pegar fogo, com impressionantes 11 arremessos certos em 13 tentados e 5 de 6 atrás da linha de três, totalizando 27 pontos.

Os Warriors começaram com Andre Iguodala e JaVale McGee no time titular, jogando sem um armador mais tradicional, já que Stephen Curry segue se recuperando de lesão e Quinn Cook, que vinha ocupando uma posição no quinteto, saindo do banco. Kevin Durant foi excelente dos dois lados da quadra e terminou 28 pontos, 8 rebotes e 7 assistências.

Logo de cara os Warriors dominaram, terminando o primeiro quarto com 28 pontos contra 17 dos texanos. Gregg Popovich declarou que seu time pareceu sentir o peso do momento nesses minutos iniciais.

De fato, se olharmos os números dos titulares, eles não são nada bons. LaMarcus Aldridge teve 14 pontos, acertando 5 de 12 arremessos e ele foi o único dos titulares que chegou a 10 pontos. Bryn Forbes e Rudy Gay tiveram 14 e 15 pontos respectivamente, jogando bastante porque a partida estava basicamente decidida com o fim do terceiro quarto.

Toronto Raptors (1-0) 114 x 106 Washington Wizards (0-1)

O Toronto Raptors começou a campanha nos playoffs após ser o primeiro do Leste na temporada regular se impondo e vencendo os Wizards. Mas curiosamente isso não passou por DeMar DeRozan e Kyle Lowry, que acertaram respectivamente 6 de 17 e 4 de 9 nos arremessos. O principal jogador dos canadenses foi Serge Ibaka, com 23 pontos e 12 rebotes.

Os Raptors assim conseguiram acabar com uma péssima marca de derrotas no primeiro jogo dos playoffs: 10 jogos e 17 anos sem vencer a partida inicial.

Mesmo sem seus dois jogadores indo muito bem, os Raptors conseguiram limitar John Wall a apenas seis tiros certos em 20 tentados. O armador somou 23 pontos e 15 assistências. Bradley Beal  terminou com 19 pontos. Ambos são a esperança do time da capital para passar de fase, mas no primeiro jogo até tiveram números bons, mas não impactaram o jogo como precisam.

Assim, sobrou para Ibaka, Delon Wright e C.J. Miles, que somados fizeram 10 bolas de três e distanciaram seu time dos rivais já no último quarto.

Philadelphia 76ers (1-0) 130 x 103 Miami Heat (0-1)

O Philadelphia 76ers voltou aos playoffs depois de seis anos e veio com estilo. Mesmo sem Joel Embiid, o time viu Ben Simmons e J.J. Redick terem noites inspiradas e bateu o Miami Heat com folga, com um segundo tempo brilhante: 74 pontos em 24 minutos, depois de ir para o intervalo perdendo por 4.

O segredo para bater o time da Flórida, depois que Kelly Olynyk e James Johnson quiseram calar a torcida em Philly foi fazer chover de três. O time acertou 18 de 28 atrás do arco, um recorde da história da franquia nos playoffs.

J.J. Redick e Marco Belinelli fizeram quatro cada, com o italiano e Ersan Ilyasova, vital vindo do banco, acertando quatro combinados em uma sequência de 15 pontos dos Sixers contra nenhum do Heat que basicamente definiu o jogo no terceiro quarto. Redick terminou com 28 pontos.

Enquanto isso Ben Simmons mais uma vez fez um pouco de tudo sem arremessar uma mísera bola de três. Foram 17 pontos, 14 assistências e 9 rebotes em sua estreia nos playoffs. E mais do que nunca os torcedores dos Sixers estão animados.

Portland Trail Blazers (0-1) 95 x 97 New Orleans Pelicans (1-0)

O único visitante da noite que ganhou foi o último deles, os Pelicans. A equipe da Louisiana foi para o sempre barulhento Moda Center como mandava o roteiro: Anthony Davis teve 35 pontos e 14 rebotes, Rajon Rondo somou 17 assistências e limitaram C.J. McCollum e Damian Lillard a péssimos 13 arremessos certos em 41 tentados.

Mas como o placar indica, nem assim foi tudo fácil para os Pelicans.

O time quase perdeu toda a gordura de uma vantagem de 19 pontos e precisou que Jrue Holiday, em uma ótima partida – 21 pontos – desse um toco em Pat Connaughton com seis segundos faltando. Segundo Terry Stotts, a jogada era uma bola de três para empatar a partida (estava 95 a 92) mas os Pelicans conseguiram marcar bem o perímetro.

Assim Davis, dominante até dizer chega, conseguiu vencer sua primeira partida de playoffs com um duplo-duplo gordo e ainda 4 tocos.

Comments
To Top