NBA

D’Angelo Russell pede desculpas após incidente de gravação de Nick Young

Crédito: Instagram/ Reprodução

Crédito: Instagram/ Reprodução

O incidente envolvendo D’Angelo Russell, Nick Young e uma polêmica gravação que mostrava o segundo admitindo ter traído sua namorada, a rapper Iggy Azalea, parece estar longe de terminar.

Após o assunto dominar o noticiário da NBA nesta quarta-feira (30), Russell, pivô da polêmica, veio a público se desculpar do incidente, e se disse “doente” por toda a situação.

“Eu me sinto o mais doente possível” disse Russell, em coletiva antes da partida contra o Miami Heat. “Fui perguntado 110 vezes e minha resposta e sentimento continuam os mesmos”.

O jogador também falou estar arrependido por toda a situação e que espera “fazer as coisas melhorarem agora, mas não pode”;

O vídeo que circulou pelo Twitter e foi divulgado por um site de fofocas, mostra Russell gravando Young enquanto o questionava sobre seu relacionamento com Iggy.

“Honestamente, eu coloquei a vida pessoal dele em risco. Eu sou conhecido como um cara que brinca muito, e ele também. Ficar perto de alguém parecido com você é diferente. Ele é um desses caras que eu sempre falo de tudo e eu sempre estimei sua amizade”.

Russell está em seu primeiro ano da liga, e declarou que já se desculpou pessoalmente com Young.

“Eu fui atrás, para pedir desculpas. Eu não sei se elas foram aceitas. Eu não o culparia por isso”.

Repercussão

Assim como as gravações não ficaram só no celular de Russell, o assunto também extrapolou a NBA e foi comentado por ex-jogadores de diversos esportes americanos.

Conhecido por ser um líder dentro e fora de campo, Jeff Saturday, ex-Colts e Packers, disse que a situação tivesse ocorrido na NFL, a consequências seriam um pouco piores.

“Se isso tivesse acontecido em um vestiário de NFL, eu ficaria surpreso se não houvesse nenhum tipo de agressão física ou algo do gênero”, afirmou o ex-center.

“Mas eu me lembro que Tony Dungy costumava nos dizer que temos regras que todos tem que cumprir, e que essa era nossa família fora de casa, e deveríamos tratá-la dessa maneira. Há coisas que acontecem na sua família ou na sua casa que você não iria querer que você para as redes sociais. Você precisa ter confiança entre seus companheiros”, completou.

Outro que também abordou o assunto foi o ex-jogador da NBA, Antonio Davis, que jogou por 13 temporadas e foi presidente da Associação de Jogadores da liga.

“Se você está no meu time, nós passamos muito tempo juntos e enfrentamos tudo juntos, somos mais do que amigos. Somos quase irmãos por tudo que passamos. Então se um irmão faz isso nas mídias sociais, isso é o mais baixo que você pode chegar. Diz muito sobre (Russell). Eu acho que pode ficar tão ruim que ele terá que ser trocado. Se ele está no meu time, que não vou jogar com ele”.

Comments
To Top