NBA

Com tranquilidade, Rockets superam Timberwolves e chegam à sexta vitória seguida

(Crédito: Facebook/Reprodução)

(Crédito: Facebook/Reprodução)

Com perdão do trocadilho, nem o céu parece ser o limite dos Rockets no momento. Na noite da última segunda-feira (10), mesmo atuando fora de casa, no Targer Center, os representantes de Houston não deram chances para o Minnesota Timberwolves e venceram o jogo pelo placar de 107 a 89, atingindo uma sequência de seis vitórias consecutivas, maior série vigente na NBA atualmente.

É a primeira vez que o Houston Rockets vence seis jogos consecutivos desde o intervalo entre os dias 13 e 23 de janeiro de 2012, quando os texanos engataram uma série de sete resultados favoráveis.

Apesar de não ter sido o cestinha de sua equipe, o pivô Dwight Howard fez uma apresentação muito consistente vestindo a camisa da franquia do Texas e saiu de quadra com 18 pontos e 15 rebotes, um double-double. Os dois maiores pontuadores da equipe, entretanto, foram Chandler Parsons, responsável por 20 pontos, três rebotes e seis assistências, e James Harden, que contribuiu no triunfo de seu time com 19 pontos, cinco rebotes e cinco assistências.

Os Timberwolves caíram diante de sua torcida, mas seus apoiadores não podem reclamar da atuação de sua principal estrela. Kevin Love adicionou mais um duplo-duplo à sua coleção e saiu do Target Center com 31 pontos e dez rebotes. Ainda do lado dos donos da casa, Chase Budinger fez 15 pontos e apanhou sete rebotes, e Alexey Shved foi o responsável por 11 pontos.

O Houston Rockets começou se impondo sobre o adversário desde o início e terminou o primeiro quarto com vantagem de seis pontos (34 a 28). No segundo quarto, os visitantes mantiveram o ritmo, jamais cederam a liderança do placar e ainda conseguiram aumentar a tranquilidade, já que foram para os vestiários vencendo por nove pontos de diferença (67 a 58).

No terceiro quarto, com um bom início de Chase Budinger, o Minnesota Timberwolves chegou a fazer o prejuízo cair para apenas três pontos (67 a 64), mas então James Harden, Patrick Beverley e Francisco Garcia foram os responsáveis por uma sequência de 12 pontos dos Rockets e os visitantes abriram uma folga considerável (79 a 64). No restante da terceira etapa, Kevin Love e Chase Budinger chamaram a responsabilidade e diminuíram a diferença para somente quatro pontos (82 a 78).

A reação dos Timberwolves acabou no período anterior. O último quarto foi de amplo domínio do Houston Rockets, que contou com Dwight Howard, Chandler Parsons e companhia, e triunfou na parcial por 14 pontos de diferença, segurando os representantes de Minnesota e cedendo apenas 11 pontos (25 a 11 no quarto). Assim, os Rockets confirmaram a fácil vitória por 107 a 89.

Com o resultado favorável, o Houston Rockets engata sua sequência de seis triunfos e fica com campanha de 35 vitórias e 17 derrotas, ocupando a quinta colocação da disputadíssima Conferência Oeste. Já o Minnesota Timberwolves perde a quarta consecutiva e sete dos últimos dez jogos, fica com 24 vitórias e 28 derrotas e se vê cada vez mais sem esperança de se classificar para a pós-temporada.

As duas equipes voltam a jogar nesta quarta-feira (12), às 23h (de Brasília). Enquanto o Houston Rockets recebe o Washington Wizards no Toyota Center, o Minnesota Timberwolves volta a atuar diante de sua torcida, mas desta vez contra o Denver Nuggets.

Confira outros resultados da NBA nesta segunda-feira (10 de fevereiro):

Indiana Pacers 119 x 80 Denver Nuggets

Toronto Raptors 108 x 101 New Orleans Pelicans

Detroit Pistons 109 x 100 San Antonio Spurs

Milwaukee Bucks 86 x 102 Boston Celtics

Golden State Warriors 123 x 80 Philadelphia 76ers

Para conferir a classificação da NBA, clique aqui.

Comments
To Top