NBA

Com show de Butler e Rose, Chicago Bulls vence Denver Nuggets; Wolves caem para Kings

(Crédito: Instagram/reprodução)

(Crédito: Instagram/reprodução)

Após perder para o Brooklyn Nets na última terça-feira (30) por 96 a 82 e ver sua série de sete vitórias ser interrompida, o Chicago Bulls se reabilitou na noite desta quinta-feira (1) e, iniciando o ano de 2015 com o pé direito, a equipe de Illinois derrotou o Denver Nuggets pelo placar de 106 a 101, no United Center, em Chicago.

Com o resultado obtido diante dos olhos de sua torcida, os Bulls ficam com campanha de 23 vitórias e dez derrotas e ocupam a quarta colocação da Conferência Leste da NBA, só ficando atrás do Toronto Raptors (24-8), do Atlanta Hawks (23-8) e do Washington Wizards (22-9). Já o Denver Nuggets é o quarto pior time da Conferência Oeste, com 13 vitórias e 20 derrotas. A equipe do Colorado está apenas à frente do Utah Jazz (11-21), do Los Angeles Lakers (10-22) e do Minnesota Timberwolves (5-26), que perdeu nesta noite para o Sacramento Kings por 110 a 107.

Nos últimos 13 jogos, o Chicago Bulls venceu em 11 oportunidades, o que mostra a excelente fase vivida pela equipe comandada pelo técnico Tom Thibodeau. Já o Denver Nuggets engata uma sequência de três derrotas e venceu apenas um duelo nos últimos seis.

Os grandes destaques dos Bulls na partida foram Jimmy Butler e Derrick Rose. O ala-armador foi o cestinha da partida, com 26 pontos, oito rebotes, oito assistências e dois roubos de bola, enquanto que o armador fez 17 pontos, três rebotes, oito assistências, dois roubos de bola e dois tocos. Derrick Rose marcou 13 de seus 17 pontos no último quarto de partida. Além deles, Pau Gasol fechou com 17 pontos, nove rebotes, quatro assistências e nove tocos, esta última a maior marca de sua carreira.

Do lado do Denver Nuggets, Kenneth Faried foi destaque, com double-double de 18 pontos e 19 rebotes, além de ter dado três assistências, feito dois roubos de bola e destribuído três tocos. Também pelo time visitante, Wilson Chandler foi o cestinha dos Nuggets, com 22 pontos, três rebotes e duas assistências, Ty Lawson foi o responsável por 20 pontos, sete rebotes e sete assistências, e Arron Afflalo foi o autor de 19 pontos e quatro rebotes.

O primeiro quarto de partida foi bastante equilibrado e, liderado por Chandler, Affalo e Lawson, o Denver Nuggets terminou o período com um ponto de vantagem (23 a 22). Os primeiros minutos do segundo quarto também foram marcados pelo equilíbrio, mas na reta final da etapa, Wilson Chandler mostrou muita inspiração e ajudou os visitantes a irem para os vestiários com 11 pontos de frente (53 a 42).

Com certeza o técnico Tom Thibodeau chamou a atenção de seu time no intervalo e, mostrando um basquete bem mais vistoso, o Chicago Bulls venceu a terceira etapa com placar parcial de 35 a 21 e entrou no último quarto vencendo por 77 a 74.

No último quarto, cestas de Pau Gasol e Kirk Hinrich deixaram os Bulls com cinco pontos de vantagem (81 a 76). O Denver Nuggets manteve as ações bem equilibradas, mas Derrick Rose marcou 13 pontos nos sete minutos finais e foi fundamental para o triunfo do time de Chicago.

As duas equipes voltam a entrar em quadra no sábado (3). Às 23h (de Brasília), o Chicago Bulls joga novamente em casa, contra o Boston Celtics, enquanto que uma hora mais tarde, já na madrugada de sábado para domingo, o Denver Nuggets recebe o Memphis Grizzlies, no Pepsi Center.

Timberwolves caem para os Kings – Dando sequência à péssima campanha que vem fazendo nesta temporada da NBA, o Minnesota Timberwolves perdeu em casa, no Target Center, para o Sacramento Kings, nesta quinta, por 110 a 107. É a décima derrota consecutiva dos Wolves, que somam cinco vitórias e 26 derrotas. Já o Sacramento Kings se reabilita após perder as duas últimas para Brooklyn Nets e Boston Celtics, e soma 14 vitórias e 19 derrotas.

Os destaques dos Kings na partida foram Rudy Gay, responsável por 21 pontos, seis rebotes, cinco assistências e quatro roubos de bola, Darren Collison, que fez 21 pontos, quatro rebotes e seis assistências, e DeMarcus Cousins, que fechou com 19 pontos, sete rebotes, quatro assistências e dois tocos.

Pelos Timberwolves, o melhor foi Andrew Wiggins, que saiu de quadra com 27 pontos, nove rebotes, duas assistências e quatro roubos de bola. Além dele, Gorgui Dieng (15 pontos e dez rebotes – double-double) e Shabazz Muhammad (15 pontos e cinco rebotes) também foram bem.

O Minnesota Timberwolves volta a atuar no sábado, às 23h, quando mede forças, novamente em casa, contra o Utah Jazz. Já o Sacramento Kings tem seu próximo compromisso marcado para o domingo, às 21h, quando visita o Detroit Pistons, no Palace of Auburn Hills, em Detroit.

Comments
To Top