NBA

Com postura diferente, Spurs seguram o ataque dos Rockets e empatam série em 1 a 1

Kawhi Leonard, ala do San Antonio Spurs

(Crédito: Twitter/reprodução)

San Antonio Spurs (61-21) 121 x 96 Houston Rockets (55-27) – série empatada em 1 a 1

O cara do jogo: Kawhi Leonard (34 pontos, 7 rebotes, 8 assistências, 3 roubadas de bola e 1 toco – 13 de 16 nos arremessos de quadra).

Após ser amassado pelo ataque agressivo do Houston Rockets no jogo 1 da série válida pelas semifinais da Conferência Oeste, o San Antonio Spurs entrou em quadra no AT&T Center muito mais atento na noite desta quarta-feira (3) e empatou a série em 1 a 1. Comandado por Kawhi Leonard, o time da casa fez boa apresentação diante dos olhos de seu torcedor.

Além de Leonard, também foi bem pelos Spurs o armador Tony Parker, que fez 18 pontos, três rebotes e quatro assistências, além de uma roubada de bola, antes de sair lesionado no último quarto (veja abaixo o lance da lesão). Já com a camisa dos Rockets, o maior destaque foi Ryan Anderson, responsável por 18 pontos e oito rebotes.

James Harden fez um double-double de 13 pontos e 10 assistências, além de ter apanhado sete rebotes, mas teve uma noite bem abaixo do esperado, acertando apenas três de 17 arremessos de quadra.

Diferentemente do primeiro jogo, a partida desta noite começou com o San Antonio Spurs muito mais ligado, sem deixar o adversário ter tanta tranquilidade no ataque. E, ao final de um primeiro quarto muito parelho, os Spurs tinham três pontos de vantagem (33 a 30).

No segundo quarto, o time comandado por Gregg Popovich manteve a consistência e jamais esteve atrás no marcador. A equipe da casa foi para o vestiário vencendo por 10 pontos de vantagem (65 a 55) e com excepcional aproveitamento de bolas de três (50% ou seis de 12) e apenas um turnover cometido. Já o Houston Rockets também acertou seis bolas de três—em 15 arremessadas (40%)—e cometeu cinco turnovers.

O grande destaque da primeira metade de jogo 2 foi o ala Kawhi Leonard, que anotou 20 pontos, igualando sua maior marca em uma metade de jogo de playoffs. Ele também deu cinco assistências, apanhou três rebotes e roubou duas bolas, além de ter dado um toco nos dois quartos iniciais.

Leonard apareceu bem logo no início do terceiro período, colocando os dois primeiros pontos da etapa no marcador (67 a 55), mas os Rockets diminuíram a diferença para cinco pontos (75 a 70) com pouco mais de sete minutos para o final do quarto. Os Spurs, contudo, não estavam a fim de deixar o rival de aproximar demais e logo encaixaram um bom momento para elevar a distância novamente para oito pontos (82 a 74) a menos de 4min30s para o final.

Os Rockets renasceram ainda no penúltimo quarto e reduziram a diferença para cinco pontos (88 a 83). O ataque dos Spurs não encaixou tão bem na terceira etapa, marcando apenas 23 pontos, e o jogo prometia ser eletrizante no quarto final.

Mas não foi bem o que aconteceu. Os Spurs abriram o último quarto com uma sequência de 9 a 0 e o período foi marcado pela ineficiência do ataque dos Rockets, que marcou apenas 13 pontos. Logo os Spurs abriram uma vantagem considerável e então só administraram a folga para confirmar o triunfo.

A postura dos Spurs, de maneira geral, foi completamente diferente do primeiro jogo e a equipe soube controlar o confronto. O aproveitamento de San Antonio nos arremessos de quadra foi de 54,5% e de 37,5% nas bolas de três, enquanto que Houston teve 44,6% nos arremessos de quadra e 32,4% nos tiros de trás da linha de três.

O jogo 3 será disputado na próxima sexta-feira (5), às 22h30 (de Brasília), no Toyota Center, casa do Houston Rockets.

Comments
To Top