NBA

Clippers x Suns como aconteceu – resultado, destaque e reação

Como um banho de água fria para os donos da casa, o Phoenix Suns venceu o Los Angeles Clippers pelo magro placar de 84 x 80, neste sábado (27), no Staples Center. Com isso, o time de Monty Williams abriu 3 x 1 nas finais da Conferência Oeste, frustrando as expectativas de reação da equipe de Ty Lue.

ASSISTA AOS MELHORES MOMENTOS DE CLIPPERS X SUNS

1º QUARTO: IMPOSIÇÃO DOS VISITANTES

Os Suns não vieram para brincadeira. Com uma corrida de 14 x 2 nos primeiros três minutos, os visitantes mostraram um jogo consistente para abrir vantagem e evitar uma possível empolgação inicial dos Clippers que vencera o jogo anterior. Desta forma, liderados por Deandre Ayton – que somou 11 pontos e seis rebotes – abriram nove pontos de vantagem para o 2° quarto.

Pelo lado de LA, Paul George tentou manter o time no jogo, mas não teve amparo ofensivo de seus companheiros. Oito pontos para o ala no quarto.

2º QUARTO: VANTAGEM CONSOLIDADA

O jogo era tenso. Deste modo, muitos erros eram cometidos por ambas as equipes, que não conseguiram ter grande aproveitamento nos arremessos de quadra. Os Clippers converteram apenas seis bolas, das 19 tentadas no quarto e assim, viram Phoenix ampliar a vantagem construída no primeiro período.

Sem grande destaque individual no quarto, os Suns aproveitaram dos erros do adversário para distribuir ações entre reservas e titulares. Já para Los Angeles, Reggie Jackson tentou tomar as rédeas – como bem tem feito nos playoffs -, mas seus sete pontos não foram suficientes para esboçar uma reação.

3º REVIRAVOLTA DOS CLIPPERS

Como tem sido habitual na pós-temporada, o time de Ty Lue voltou muito bem do intervalo. Portanto, os Clippers passaram a tomar decisões mais sóbrias e se organizou na marcação. Jackson se manteve ligado, contribuindo com novo pontos e George apanhou quatro rebotes e distribuiu cinco assistências. Desta forma, os donos da casa diminuíram a vantagem de 14 pontos, para apenas três.

Por outro lado, mesmo vendo o adversário encostar, os Suns foram dominantes no garrafão. Ao todo, foram 15 rebotes, sendo sete ofensivos. Mesmo com essa estatística muito favorável, o time de Devin Booker teve dificuldades para pontuar, sendo ele o principal nome com oito pontos.

4º QUARTO: SHOW DE HORRORES

Quando tudo parecia se encaminhar para um último quarto movimentado, com a ótima reação dos Clippers no 3° período, a realidade foi oposta. Com isso, vimos um show de erros, decisões precipitadas e um placar completamente atípico para os padrões da NBA.

A bola não caia. Foram praticamente quatro minutos sem que nenhuma das equipes pontuasse. Nessa altura, o placar congelou em 71 x 70 para Phoenix. Juntos, os times somaram apenas sete arremessos de quadra convertidos em todo o quarto – sendo quatro para os Suns e apenas três para LA.

Os Clippers não conseguiam passar a frente do placar, com sucessivos erros. Bom para os visitantes que conseguiram manter a vantagem até o fim da partida, com parcial de 15 x 14 no quarto decisivo.

Em uma noite para esquecer, os mandantes converteram apenas cinco bolas do perímetro em 31 tentativas (16%). Os Suns também não foram bem no quesito, somando apenas quatro arremessos de três em 20 tentados (20%).

Por fim, os destaques ficaram para Booker com 25 pontos e Ayton com ótimo duplo-duplo de 19 pontos e 22 rebotes, além de quatro rebotes. Pelo lado dos Clippers, PG13 totalizou 23 pontos e 16 rebotes e Ivica Zubac, mais uma vez, deixou um duplo-duplo de 13 pontos e 14 rebotes, com bom trabalho dentro do garrafão.

SUNS X CLIPPERS – E AGORA?

O histórico foi quebrado. O Los Angeles Clippers não conseguiu manter a sina de vencer o Jogo 4 e virar a série a partir disso. Portanto, o cenário é todo favorável ao Phoenix Suns, que com 3 x 1 na série, tem o match-point no Jogo 5 das finais do Oeste. Ainda sem Kawhi Leonard e jogando fora de casa, LA pode dar adeus ao sonho de jogar uma NBA Finals em 2021.

As equipes voltam a se enfrentar nesta segunda-feira (28), às 22h (horário de Brasília), na Phoenix Suns Arena, no Arizona.

Foto destaque: Divulgação/Phoenix Suns

 

 

 

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Popular

To Top