NBA

Chris Bosh e Miami Heat finalmente oficializam separação; franquia aposenta camisa 1

Chris Bosh Heat

Crédito: Instagram/reprodução

Chris Bosh ficou toda a última temporada sem jogar, depois de duas temporadas encurtadas por causa de um problema com coágulos na corrente sanguínea. Mas só neste 4 de julho, terça-feira, é que ambos os lados oficializaram a separação, transformando o ala-pivô em agente livre.

Em uma atitude até surpreendente da franquia, a camisa 1 do jogador foi aposentada.

“Ele é, sem dúvida, um dos maiores jogadores da história da franquia”, disse Pat Riley, presidente do Heat sobre o jogador que ganhou dois títulos na equipe. A cerimônia da camisa ainda não tem uma data marcada, até porque ainda não está claro se Bosh vai querer ou não continuar sua carreira.

“Hoje nós estamos indo em direções opostas, mas desejamos para Chris, Adrienne e sua família nada além do melhor. Eles para sempre vão fazer parte da família Miami Heat”, declarou Riley em comunicado.

Depois de perder partes grandes das temporadas 2014/15 e 2015/16, Bosh ainda quis jogar, mas não passou no exame médico e por isso foi barrado por Pat Riley e Eric Spoelstra. A situação foi desconfortável, já que o jogador e sua mulher Adrienne faziam campanha aberta para a volta enquanto o Heat não liberava atualizações para o público sobre a situação do jogador.

Com o passar da última temporada e algumas declarações de companheiros de Bosh, como Dwyane Wade e Udonis Haslem, parece que esse desejo de voltar às quadras esfriou. Tudo que ele precisaria para voltar a jogar é uma liberação de um médico independente e um time interessado, mas parece que tanto o jogador como as franquias não querem arriscar com a saúde do atleta.

Com essa liberação por motivos de saúde, o Miami Heat pode usar os US$ 25,6 milhões que Bosh representaria na folha com novos contratos.

Popular

Copyright © 2015-2021 - https://www.quintoquartobr.com/

+18 Jogue com responsabilidade


Copyright QuintoQuartoBR

To Top