NBA

Cavs esmagam Warriors em jogo 4 e evitam varrida nas finais da NBA

(Crédito: Reprodução/Twitter)

Cleveland Cavaliers (51-31) 137 x 116 (67-15) Golden State Warriors

O cara do jogo: Kyrie Irving (40 pontos, 7 rebotes, 4 assistências e 7/12 da linha de 3)

Entrou em quadra um Cleveland Cavaliers completamente diferente das três anteriores partidas dessas finais da NBA. Com LeBron James e Kyrie Irving no comando, os Cavs atropelaram o Golden State Warriors do começo ao fim e impediram um vexatório 4 a 0 nesta decisão. Ao fim do jogo, 137 a 116 para os donos da casa, que ainda se veem sufocados na série, nesta sexta-feira (9), na Quicken Loans Arena.

Desde o início da partida, Cleveland entrou em velocidade máxima, enquanto Golden State parecia confiante demais. Os donos da casa estabeleceram um novo recorde nas finais da NBA ao anotar 49 pontos no primeiro quarto de partida. Ninguém antes havia alcançado tal pontuação em 12 minutos—e ninguém antes negligenciou a defesa como os Warriors no período inicial.

Os Cavs anotaram praticamente em todas as bolas que arremessaram no quarto, e não a toa terminaram a partida com mais um recorde em jogos de final: 24 arremessos de 3 acertados durante o duelo—de 45 tentativas, totalizando ótimo aproveitamento de 53,3%.

Enquanto James e Irving estavam com o capeta no corpo, Curry, Thompson e Green pareciam ter vindo de uma missa em que dormiram. Jogaram sem qualquer inteligência e, principalmente, se o ritmo intenso característico dos Warriors, sobretudo no lado defensivo da quadra. De fato, o único momento de mais intensidade dos visitantes da noite aconteceu numa confusão entre os jogadores. Até mesmo Kevin Durant, sempre tranquilo, confrontou James.

Foi uma noite de recordes para os Cavs. Com seu nono triplo-duplo nas finais da NBA, LeBron passou Magic Johnson e agora é o líder no quesito. Irving, com 40 pontos, teve uma atuação digna de seus momentos mais gloriosos em Cleveland. Os dois últimos duelos não deixam mentir que, quando o camisa 2 joga, seu time tem todas as chances de vencer.

Em nenhum momento da partida os Cavs estiveram atrás do placar. Após o primeiro período, a diferença chegou a 20 pontos e jamais baixou de 10. Cleveland foi superior em todos os quesitos, principalmente na eficiência dos arremessos: 52% contra 45% nos arremessos de quadra e 53% contra 28% do perímetro.

Nesta segunda-feira, o duelo volta a Califórnia, onde Golde State Warriors tenta fechar a série e retomar o título de campeão da NBA. O duelo acontece na Oracle Arena a partir das 10 horas (de Brasília).

Comments
NFL, NBA e MLB. Notícias, relatos e colunas. E uma pitada de humor de tiozão. Contato: [email protected]
Copyright © 2021 - https://www.quintoquartobr.com/

+18


Jogue com responsabilidade


To Top