NBA

Cavaliers acabam com invencibilidade dos Celtics em casa e avançam para 4ª final seguida

LeBron James Cavaliers

Crédito: Instagram/reprodução

A temporada teve muitos baixos e poucos altos. Turbulência fora de quadra. Apenas a quarta posição no Leste na temporada regular. O boato de que LeBron James pode sair na próxima offseason. E, mesmo assim, o Cleveland Cavaliers está classificado para a sua quarta final da NBA seguida, vencendo o Boston Celtics no TD Garden – onde estava 10 de 10 nestes playoffs – por 87 a 79.

Como o placar mostra, a defesa dos Cavs foi o grande fator na partida, algo que se dito três meses atrás daria um ataque de riso em qualquer um. LeBron James jogou os 48 minutos e teve seu impacto habitual em todas as facetas do jogo.

E ele contou com a ajuda providencial de Tristan Thompson (10 pontos e 9 rebotes), Jeff Green, que fez provavelmente o melhor jogo de sua carreira – 19 pontos e oito rebotes em um dos maiores palcos possíveis – e ainda J.R. Smith (12 pontos), que começou o jogo mal mas acertou bolas de três pontos fundamentais na segunda metade da partida.

LeBron, como sempre, encheu o box score: 35 pontos, 15 rebotes, nove assistências, dois tocos, um deles magnífico em Terry Rozier. E mesmo com alguns erros, tendo oito turnovers, colocou mais um capítulo incrível em sua história. Ele chega às finais mais uma vez, sua oitava vez seguida, quatro pelos Cavs e quatro pelo Miami Heat – ele teve outra pelas Cavs em 2007 – e vai tentar conquistar seu quarto título.

Os Celtics dominaram o placar durante o primeiro quarto e chegaram a abrir doze pontos no segundo quarto. Entretanto logo o ataque começou a parecer estagnado, especialmente porque a bola de três não caiu a noite inteira. Foram míseros sete acertos em 39 tentativas. E isso se refletiu nos pontos do segundo e terceiro quarto, com apenas 30 pontos nesses 24 minutos.

Terry Rozier será um dos que mais pensará neste jogo no verão (do hemisfério norte), errando todos seus 10 arremessos atrás do arco e fazendo apenas quatro pontos. Jaylen Brown também não foi bem, com cinco de 18 nos arremessos e apenas 13 pontos.

Já Jayson Tatum foi o que mais conseguiu ter sucesso, especialmente em uma fase complicada do jogo. Com os Cavaliers mostrando sua experiência em jogos importantes e começando a afastar o jogo do alcance dos Celtics, Tatum enterrou na cabeça de LeBron, inclusive provocando ele depois, e matou uma linda bola de três logo em seguida.

Porém a defesa dos celtas não conseguiu segurar LeBron em suas idas para a cesta, fazendo a falta ou vendo ele atropelar e conseguir os pontos ou então achando um companheiro livre. Nos minutos finais, Jeff Green acertou uma bola matadora de três e a jogada decisiva foi simplesmente um absurdo.

Depois de mais um erro no ataque, LeBron pegou o rebote, partiu para a cesta, sofreu uma falta clara de Marcus Morris, mesmo assim conseguiu fazer a bandeja e a bola entrou apesar de Jaylen Brown ter cometido interferência. Dois pontos e mais um lance livre.

Este é sem dúvida um dos maiores feitos da carreira do camisa 23, já que o time é claramente limitado e sofreu várias derrotas por placares elásticos nos playoffs mas mesmo assim está nas finais, esperando o vencedor entre Golden State Warriors e Houston Rockets.

O primeiro jogo das finais será na quinta e LeBron James precisará de todo o descanso possível, já que ele empilha mais 48 minutos de basquete em uma pós-temporada brutal depois de ter jogado, pela primeira vez na carreira, os 82 jogos da temporada regular. Hoje, domingo, 27 de maio de 2018, presenciamos mais uma atuação inacreditável.

 

Comments
To Top