NBA

Candidato a treinador do ano, Dwane Casey acerta com o Detroit Pistons

Com os prêmios individuais sendo entregues só depois dos playoffs, neste ano tivemos uma situação insólita. Dwane Casey, candidato a treinador do ano por seu trabalho com o Toronto Raptors, é o novo treinador do Detroit Pistons. Isso porque Casey foi demitido da franquia canadense após mais um fracasso nos playoffs.

Segundo Adrian Wojnarowski, da ‘ESPN' americana, o contrato é de cinco anos. O treinador era a primeira opção do dono Tom Gores, que teria prometido estabilidade mesmo se o primeiro ano trouxer resultados ruins.

Dwane Casey irá substituir Stan Van Gundy, que além de treinador também detinha o poder de tomar as decisões de basquete da franquia.

E isso não deu lá muito certo. Os Pistons chegaram a disputar os playoffs, sendo varridos na primeira fase pelo Cleveland Cavaliers em 2015. Mas contratos pesados, a troca por Blake Griffin – que ainda tem 4 anos e mais de US$ 140 milhões em seu contrato – e resultados ruins nos últimos anos causaram a saída de Van Gundy.

Contratar Casey é o primeiro passo de uma reformulação, que não alcançará o status de reconstrução mas deve remodelar o elenco e a forma de jogar da equipe. Ele pode ajudar Griffin a assumir maiores responsabilidades – quando estiver em quadra, já que tem grande histórico de lesões – algo similar com o que fez com DeMar DeRozan em Toronto.

Então quando o resultado da votação de treinador do ano sair, Dwane Casey, que concorre com Brad Stevens (Celtics) e Nate McMillan (Pacers) pode ficar tranquilo, porque ele já tem um emprego de novo.

Comments
NFL, NBA e MLB. Notícias, relatos e colunas. E uma pitada de humor de tiozão. Contato: [email protected]
Copyright © 2021 - https://www.quintoquartobr.com/

+18


Jogue com responsabilidade


To Top