NBA

Bryan Colangelo admite uso de fake no Twitter; ele pode ter ligação com críticas a Embiid

Bryan Colangelo 76ers

Crédito: Instagram/reprodução

Falta apenas um dia para o começo das finais da NBA, mas talvez a história mais saborosa da liga nesta semana não é nem de Golden State ou Cleveland, mas sim proveniente da Filadélfia. Uma investigação do site The Ringer, baseado em uma fonte secreta que deu a pista, ligou o presidente dos 76ers, Bryan Colangelo, ao uso de cinco contas fake no Twitter.

Elas eram usadas para criticar jogadores, dirigentes como Sam Hinkie, antecessor de Colangelo nos Sixers e Masai Ujiri, sucessor dele em Toronto e elogiar o trabalho de Colangelo.

Segundo a investigação, a atuação das cinco contas, os perfis que seguia e até a linguagem que usava indicavam que a mesma pessoa controlava as contas. O site entrou em contato com a franquia e Colangelo admitiu que uma delas, a conta @Phila1234567, era mesmo sua.

“Como muitos de meus colegas nos esportes, eu usei as redes sociais como um meio para me manter informado. Eu nunca postei nada nas redes, (mas) usei a conta @Phila1234567 para monitorar nossa indústria e os eventos do cotidiano. Essa história (do The Ringer) é perturbadora para mim em muitos níveis e não tenho familiaridade com as outras contas que foram mencionadas, nem sei ou conheço as pessoas ou motivos de quem está usando elas”, declarou Colangelo em comunicado.

O problema é que o jornalista do The Ringer falou apenas sobre duas das cinco contas que estava monitorando. E depois de inquirir os Sixers e Colangelo, as outras três contas passaram de público para privado.

Nesses perfis, o dono da conta chegou a citar informações que não são de conhecimento público, como Jahlil Okafor  não ter passado em um exame físico e por isso uma troca – anterior à que o levou para os Nets – não ter funcionado ou então exposto que os problemas no arremesso de Markelle Fultz se devem à atuação de um mentor do jogador, de fora da franquia.

Contatado pela ‘ESPN’ americana, Joel Embiid confirmou que Colangelo ligou para ele para explicar a situação e negar que o tenha criticado em um suposto tweet, onde disse que ele estava jogando como uma criança e fazendo birra.

“Eu falei com ele e ele disse que não falou aquilo. Ele me ligou para negar a história. Vou acreditar nele até que seja provado o contrário. Se for verdade, é feio o negócio”, disse Embiid. Os Sixers também declararam que vão investigar o assunto e descobrir se existe mesmo a ligação de Colangelo com as outras quatro contas e não apenas a que ele admitiu.

Mais uma vez as redes sociais estão dando o que falar na NBA.

Comments
To Top