NBA

Após briga, Blake Griffin se preocupa com distração aos Clippers

(Crédito: Reprodução/Instagram)

(Crédito: Reprodução/Instagram)

Acusado de brigar em uma boate em Las Vegas, o ala-pivô Blake Griffin se mostrou tranquilo em relação às consequências do caso, mas disse sentir-se mal por causar uma distração no vestiário do Los Angeles Clippers.

“Eu definitivamente não chamaria [o caso] de assustador. Eu me sinto mais preocupado pelo fato de criar uma distração. Não sei quão grande é essa distração, mas é. Isso é o que eu mais me sinto mal sobre”, comentou o jogador.

Griffin, que estaria acompanhado de Chris Paul e DeAndre Jordan na boate, teria usado força e violência contra Daniel Schuman, o responsável por levar o caso à polícia. O jogador teria agredido Schuman apertando-lhe a mão e o ombro com força excessiva, além de acertar-lhe tapas no rosto. Flashes de fotos teriam sido o estopim para a confusão. O caso aconteceu em outubro, enquanto so Clippers realizam treinos da pré-temporada em Vegas.

“Não falamos sobre isso. Ele é nosso irmão e sempre estaremos lá por ele”, desconversou Paul.

Blake Griffin não tem permissão para comentar o assunto, mas se diz confiante sobre o desfecho da história. Doc Rivers, treinador dos Clippers, faz coro: “Amamos Blake e o apoiamos. Vai dar tudo certo”, disse o comandante.

“Ele estava mais preocupado em criar uma distração para o time e ele não queria isso. Eu acho ótimo que eles sinta assim. Eu sempre estou mais preocupado com o indivíduo envolvido”, continuou Rivers.

As penas para o caso variam de seis meses de prisão e/ou multa.

Comments
To Top