NBA

Após acerto verbal e mudança na proposta, Rockets e Nenê não fecharam volta

Nenê, pivô do Houston Rockets

(Crédito: Instagram/reprodução)

Atualização: No começo deste sábado, escrevemos nesta nota que Nenê e o Houston Rockets tinham chegado a um novo acordo, de quatro anos e US$ 15 milhões, usando dinheiro de uma exceção nas regras da NBA, que ainda permitia o time assinar com outros jogadores sem impactar 100% no teto salarial.

O problema é que essa exceção só possibilitava um acordo de três anos e US$ 10,9 milhões e a retirada de um ano parece não ter agradado o brasileiro, segundo o jornalista Marc Spears da ‘ESPN' americana relatou. Assim, o pivô continua um free agent.

Vale sempre lembrar que a free agency começou na noite de sexta para sábado mas os contratos só podem ser assinados na próxima quinta-feira, quando o período de moratória termina.

 

Nenê foi um reserva muito valioso na última temporada após assinar contrato de exceção. Ele teve médias de 9,1 rebotes e 4,2 rebotes em 17,9 minutos por partida, tendo o seu melhor aproveitamento de chutes da carreira (61,7%).

Os números do pivô melhoraram quando os Rockets começaram a disputar a pós-temporada, quando ele teve médias de 10 pontos, 4,7 rebotes e aproveitamento de 70,6% nos arremessos de quadra. Contudo, sua campanha nos playoffs encerrou prematuramente após ele lesionar o adutor esquerdo no jogo 4 da semifinal da Western Conference contra o San Antonio Spurs. A lesão não exigiu uma cirurgia.

Em sua carreira, Nenê Hilário, que fará 35 anos em setembro, tem média de 12 pontos, 6,3 rebotes, 1,9 assistência e 1,1 roubo de bola. Ele também tem aproveitamento de arremessos de 66,1% em 871 jogos, sendo 620 como titular.

Popular

Copyright © 2015-2021 - https://www.quintoquartobr.com/

+18 Jogue com responsabilidade


Copyright QuintoQuartoBR

To Top