MLB

New York Yankees arrasa com o Houston Astros no jogo 3 e vence a primeira na série

Crédito: Instagram/reprodução

Como é bom jogar em casa, hein, New York Yankees. Pressionados após perderem os dois primeiros jogos em Houston, os Yankees deram uma lavada nos Astros por 8 a 1 e se recuperaram na série. Uma terceira derrota e adeus playoffs.

Por mais que os bastões tenham falado mais alto no Bronx, o destaque da partida foi o vitorioso C C Sabathia. O arremessador atuou por seis entradas e não cedeu nenhuma corrida. Os quatro walks e as três rebatidas não foram suficientes para que Houston gerasse alguma corrida contra Sabathia. A variação de arremessos congelou os Astros.

Para se ter uma ideia, Jose Altuve passou em branco. Nadinha de rebatidas para o jogador que mais chega em base de Houston. A noite não era dos Astros. No montinho, a equipe também teve um desempenho pífio. Charlie Morton foi aniquilado em apenas três entradas e os Yankees resolveram o jogo em quatro entradas.

Todd Frazier e Aaron Judge foram os astros dos Yankees. Ambos bateram home runs de três corridas e comandaram o time nova-iorquino. Judge, que andava meio sumido, também garantiu mais duas jogadas estrelares ao roubar um HR de Yuli Gurriel e ao salvar uma batida reta e quase rasteira de Cameron Maybin, que poderia deixar um jogador em posição de anotar corrida.

A única corrida dos Astros veio só na nona entrada. Com as bases lotadas, culpa de Dellin Betances que entrou totalmente descalibrado e perdido, Tommy Kahnle acabou cedendo um walk e Marwin Gonzalez anotou a corrida de honra dos Astros.

 

O jogo

O New York Yankees conseguiu abrir o placar na segunda entrada. Depois de duas rebatidas simples – uma de Starlin Castro e outra de Aaron Hicks –, Todd Frazier buscou a bola fora da zona e a mandou para o outro lado do muro.

 

No quarto inning, com as esquinas ocupadas, Chase Headley colocou a bola na grama e Jose Altuve não conseguiu cobrir a tempo de pegar e eliminar. Com isso, Greg Bird chegou ao home plate e a franquia nova-iorquina teve a primeira rebatida de um DH nesta pós-temporada. Charlie Morton ia sendo castigado e Houston não teve outra coisa a fazer senão troca-lo.

É fato que Will Harris entrou em uma roubada, mas não ajudou. De cara e com Judge no bastão, ele já cedeu um walk e Frazier anotou mais uma corrida. Os Astros eram puro desespero e o golpe de misericórdia veio com mais um HR, dessa vez Judge mandou para fora e impulsionou mais três corridas.

 


Com um placar de 8 a 0 bastava os Yankees eliminarem um Houston desanimado e entregue. As eliminações foram acontecendo até que chegou a hora da verdade: a nona entrada. Joe Girardi optou por dar uma chance para Delliln Betances fechar a partida. Afinal, com oito corridas de vantagem, Betances entraria sem pressão e poderia recuperar sua mira e lançamento. Mas tudo deu muito errado.

Betances cedeu dois walks e tirou o torcedor dos Yankees do sério. Kahnle entrou. E entrou nervoso. Cedeu uma rebatida e um walk. Pronto, Gonzales anotou uma corrida e tirou o zero do placar. Mesmo assim, a vantagem era enorme, os Astros precisavam de mais corridas. Aroldis Chpaman chegou a ir para o aquecimento. Jose Altuve foi para o bastão e acabou sendo eliminado em uma queimada dupla. Kahnle não entrou em situação de salvar o jogo, mas salvou o dia. Fim de jogo e um enorme alívio para os Yankees.

O jogo quatro será realizado na terça-feira (17), às 19h (horário de Brasília).

Comments
To Top