MLB

Triple Play – Barry Larkin não quer ser manager dos Reds; Giants demitem GM Bobby Evans

Crédito: facebook/reprodução

Triple Play – o boletim de notícias da MLB do Quinto Quarto

– Barry Larkin, shortstop Hall of Famer, não é um candidato para ser manager do Cincinnati Reds, que começou a conversar com candidatos para o cargo. O presidente de operações de beisebol Dick Williams afirmou que Larkin – que é treinador da Seleção Brasileira de beisebol – prefere permanecer no seu cargo atual desenvolvendo jogadores das ligas menores.

– O San Francisco Giants tirou o cargo de general manager de Bobby Evans, que irá deixar a organização. Ele vem comandado o time da Califórnia desde 2015 e foi dispensado após dois anos com campanha negativa.

– O defensor externo Bryce Harper declarou que quer permanecer no Washington Nationals. “Penso sobre outras cidades, mas amo aqui. Estou nos planos? Não sei… sempre disso: se depender dos meus planos, eu absolutamente amo estar aqui”.

– As acusações de violência doméstica contra Roberto Osuna, fechador do Houston Astros, foram retiradas nesta terça-feira. Em troca, ele concordou em um pacto de paz, que exige que ele não entre em contato com a mulher que ele supostamente agrediu e continue seu aconselhamento. Ele deverá cumprir as condições por um ano ou enfrentará acusações criminais.

– Mike Scioscia declarou que pretende continuar como manager do Los Angeles Angels. “Vamos continuar avaliando as coisas nessa semana. Vou falar com (o proprietário) Arte (Moreno) e o (general manager) Billy (Epler) e meio que tomar uma decisão”.

– Aaron Hicks, defensor externo do New York Yankees, será avaliado dia a dia após uma ressonância magnética ter apontado que ele não tem uma distensão na coxa esquerda.

– O Oakland Athletics confirmou sua vaga nos playoffs na última segunda-feira quando o Tampa Bay Rays perdeu para o New York Yankees.

Comments
To Top