MLB

Pete Rose: “os Cubs vão achar uma maneira de estragar tudo”

(Crédito: Instagram/Reprodução)

(Crédito: Instagram/Reprodução)

Depois de ganhar mídia tentando sua reintegração ao beisebol, Pete Rose voltou aos holofotes ao falar de Ichiro Suzuki e falar que as rebatidas no Japão não contam. Agora, ele falou mal do Chicago Cubs, a melhor equipe da liga e que não ganha uma World Series desde 1907. Para ele, a franquia de Illinois irá achar uma maneira de estragar tudo.

“Agora não há dúvidas que os Cubs têm a melhor equipe, mas não posso torcer para uma equipe que não vence desde 1907. Os Cubs vão achar uma maneira de estragar tudo, eu acho. Eles têm uma boa equipe, mas, novamente, eles podem enfrentar bons arremessadores, os arremessadores deles também podem ser batidos. É apenas uma questão de quem vai brigar com eles no final da temporada, nos playoffs”.

“Os Cubs, eles vão jogar bem durante todo o ano, igual no ano passado, quando eles venceram 97 jogos e, em seguida, eles foram varridos? (Foram varridos pelo New York Mets na final da Liga Nacional) Nós vamos ter que esperar e ver, porque, nos playoffs, você é um animal diferente”.

Rose colocou a situação do Chicago Cubs fora de contexto, porque eles venceram a rodada o Pittsburgh Pirates na Wild Card e o St, Louis Cardinals (teve mais de 100 vitórias). Além disso, os playoffs são uma competição de tiro curto e qualquer vacilo pode resultar em derrota. Também considerar que uma equipe não ganha há mais de 100 anos não é um bom parâmetro, já que esses jogadores não jogaram todo esse tempo. É verdade também que ele falou que precisamos esperar após ter criticado a equipe comandada por Joe Maddon.

Apesar dos pontos negativos visto por Pete Rose, o time de Chicago se reforçou bem para essa temporada. O campo externo é muito sólido e agora conta também com Jayson Heyward. A rotação ganhou o reforço de John Lackey e o bullpen de Adam Warren. Vale citar também que mais contratações, como uma possível troca por Aroldis Chapman e/ou Andrew Miller, podem acontecer. Por outro lado, lesões e o alto número de jogadores jovens pode pesar.

Comments
To Top