MLB

MLBPA está preocupada com cortes de gastos após ações dos Marlins e Pirates

MLB bola

(Crédito: Instagram/reprodução)

Depois de Miami Marlins e Pittsburgh Pirates reduzirem suas folhas salariais, a Associação dos Jogadores (MLBPA) deu um primeiro passo para tentar mudar o comportamento das equipes da MLB.

O sindicato informou que expressou sua preocupação com a liga de que as equipes não estão usando suas receitas para melhorar o jogo. O escritório do comissário respondeu que não está preocupado com nenhuma violação.

As duas equipes estão no meio de reconstruções. Enquanto os Marlins trocaram Giancarlo Stanton, Marcell Ozuna, Dee Gordon e Christian Yelich por prospectos após o grupo de Derek Jeter ter assumido o comando da equipe, os Pirates negociaram Andrew McCutchen e Gerrit Cole – respectivamente a cara do time e o ace.

O acordo coletivo de trabalho afirma que “cada equipe deve usar o que recebe das receitas compartilhadas… em um esforço para melhorar o desempenho em campo” e proíbe que esse dinheiro seja utilizado para quitar dívidas de aquisição de franquia ou dívidas não relacionadas a melhorar o desempenho em campo.

Nós levamos nossas preocupações quanto a Miami e Pittsburgh, como é protocolo sob o acordo trabalhista e suas provisões da receita compartilhada”, disse o porta-voz da MLBPA, Greg Bouris. “Estamos à espera de um diálogo maior e isso ditará os próximos passos”.

Com o recorde da equipe de US$ 117 milhões, time da Flórida teve a 20ª folha salarial em 2017. Por sua vez, a franquia da Pensilvânia gastou US$ 96 milhões com o elenco de 40 jogadores, valor abaixo do recorde de US$ 100 milhões em 2016.

“Não temos preocupações com o cumprimento das disposições do contrato por parte dos Pirates e Marlins. Os Pirates aumentaram constantemente sua folha de pagamento ao longo dos anos, enquanto, ao mesmo tempo, diminuiu sua participação na receita. Os donos os Marlins comparam uma equipe que sofreu perdas financeiras substanciais nas últimas duas temporadas e, mesmo com a participação nas receitas e redução significativa de despesas, a equipe deverá perder dinheiro em 2018. O sindicato não nos informou que pretende apresentar uma queixa contra qualquer equipe”, afirmou a MLB em comunicado.

Comments
To Top