MLB

MLB implementará pitch clock no spring training e novidade pode aparecer na temporada regular

A Major League Baseball anunciou a implementação do pitch clock de 20 segundos no spring training nesta sexta-feira. De acordo com fontes da ‘ESPN’, a alteração na regra tem real possibilidade de ser utilizada também durante a temporada regular. Tanto a liga como a Associação de Jogadores (MLBPA) estão discutindo mudanças para melhorar o jogo e também o mercado de agentes livres.

A MLB fará a implementação dos novos parâmetros em três fases. No começo do spring training, o relógio estará operando e não forçará os jogadores seguirem ele. A ideia é apenas acostumar os atletas à novidade. Em um segundo momento, os árbitros vão lembrar os arremessadores e rebatedores que violarem a regra sobrea infração, mas não haverá a penalidade de bola ou strike. No final da pré-temporada, dependendo dos resultados das negociações, os árbitros irão penalizar os infratores.

A liga segue negociando com a MLBPA a implementação do pitch clock, no entanto, o comissário Rob Manfred – que tem como principal bandeira melhorar o ritmo de jogo – pode colocar a proposta em prática de forma unilateral.

O relógio não irá estar correndo no primeiro arremesso da aparição ao bastão e começa quando o pitcher recebe a bola do receptor. Se o rebatedor não estiver no box com cinco segundos remanescentes, ele pode ser penalizado com um strike. O arremessador deve começar seu arremesso antes do relógio estourar ou será penalizado com uma bola.

Além disso, o relógio irá recomeçar sempre que o pitcher tirar o pé da borracha ou faça um pickoff. O relógio não será usado após um foul ball, visita ao montinho ou tempo pedido pelo juiz, com exceção da alteração da bola suja. O arremessador deve estar no círculo central e o receptor no catcher box para o relógio começar.

Comments
To Top