MLB

MLB está negociando com a MLBPA mudanças para melhorar o ritmo de jogo

Rob Manfred, comissário da MLB

Crédito: facebook/reprodução

A Major League Baseball está conversando com a Associação de Jogadores (MLBPA) sobre as possíveis mudanças que podem ser feitas para acelerar o ritmo do jogo. O comissário Rob Manfred declarou que espera chegar a um acordo em vez de implementar medidas unilateralmente.

No final da reunião dos proprietários, Manfred também expressou surpresa com a reação do veterano árbitro Joe West após suspensão por seus comentários sobre Adrian Beltre, terceira base do Texas Rangers.

O tempo médio de uma partida de nove entradas é de três horas e cinco minutos nesta temporada, o que supera as três horas do ano passado e as 2h56 em 2015, que foi o primeiro ano de Manfred. O comando da MLB propôs fazer mudanças para este ano, como a instalação de pitch clocks (relógios com tempo para o próximo arremesso) e limitar o número de idas do receptor até o montinho, contudo Tony Clark – chefe da MLBPA – disse que não aceitaria. A liga pode introduzir mudanças unilaterais apenas avisando com um ano de antecedência.

“Nos encontramos com Tony Clark e um grupo de jogadores na semana passada”, disse Manfred. “O tom dessas conversas tem sido muito positivo. Tiro o chapéu para Tony e os jogadores em relação a isso e continuo confiante de que teremos mudanças para o próximo ano em relação a questão do ritmo de jogo que serão significativas”.

O comissário da MLB se rejeitou a entrar em detalhes sobre possíveis mudanças ou sobre o que a liga pode fazer em caso de não conseguir um acordo com a MLBPA. “Eu acho que o melhor curso para o beisebol – e com isso quero dizer para as equipes e jogadores – é chegarmos a um acordo”.

Comments
To Top