MLB

MLB e MLBPA anunciam mudanças nas regras dos carrinhos para evitar double plays e visitas aos arremessadores

(Crédito: Instagram/reprodução)

(Crédito: Instagram/reprodução)

A MLB e a Associação de Jogadores da MLB (MLB) anunciaram de forma conjunta duas mudanças de regra significativas para a temporada de 2016. As mudanças na regra envolvem os carrinhos (slide) para interromper double plays e visitas aos arremessadores.

Começando pelo carrinho na segunda base, o corredor ainda poderá fazer contato com o jogador que estiver fazendo a eliminação, contudo ele só poderá fazer isso de forma legal caso ele esteja dentro dessas quatro condições:

– Ele começa o movimento (isso é, contato com o chão) antes de atingir a base;

– Ele á capaz e tenta alcançar a base com o pé ou com a mão;

– Ele é capaz de permanecer na base (com exceção do home plate) após a conclusão do carrinho; e

– Ele desliza dentro do alcance da base, sem alterar o percurso com a finalidade de iniciar contato com um jogador de defesa.

O corredor também não pode iniciar (ou tentar iniciar) um contato com o jogador de defesa elevando e chutando a perna do defensor acima do joelho ou utilizar o seu braço ou a parte superior do corpo.

Se o jogador violar qualquer uma dessas condições, ele e o rebatedor serão considerados eliminados por interferência. Possíveis violações serão jogadas revisáveis, assim como, pela primeira vez, “neighborhood play” (jogada de vizinhança).

Para quem não sabe, quando se faz o double play, é aceitável que não se toque na base da primeira eliminação (jogada de vizinhança), desde que o movimento seja próximo da base. Isso serve como forma de proteção para o atleta.

Em relação as melhorias do ritmo do jogo, a lida emitiu uma nova diretiva sobre visitas aos arremessadores e comerciais da televisão. Confira o comunicado:

“O programa de ritmo do jogo irá expandir nessa temporada, incluindo cronômetros de 30 segundos para visitas aos arremessadores pelos manager e técnicos de arremessadores. Além disso, os cronômetros vão ser o espelho para o tempo alocado para as emissoras entre as entradas: 02:05 para jogos em televisões locais e 02:25 para jogos em rede nacional, uma redução de 20 segundos em cada rem relação a 2015, quando os cronômetros contavam regressivamente 02:25 para jogos locais e 02:45 para jogos de transmissão nacional. A mudança visa permitir aos jogadores um recomeço da partida mais rápido entre a última jogada e a pausa para comerciais.

Com as novas regras de quando o rebatedor poderia deixar o batter’s box (o retângulo onde o rebatedor fica), o tempo médio das partidas da temporada passada caíram para menos de três horas.

Além disso, as regras para os carrinhos ou peixinhos na segunda base são, claramente, uma ação para evitar lesões como vimos no ano passado. As principais foram Jung-Ho Kang, do Pittsburgh Pirates, e Ruben Tejada, do New York Mets.

Comments
To Top