MLB

Miami Marlins proíbe uso de barba em 2016

Crédito: Instagram/ Reprodução

Crédito: Instagram/ Reprodução

Chega de barba! Os jogadores do Miami Marlins não podem ter mais pelos faciais, algo que não aconteceu nas última duas temporadas na franquia da Flórida. A política mudou após Don Mattingly ser contratado para o cargo de manager.

Essa será a primeira equipe comandada por Mattingly com essa regra.

“Inicialmente poucos caras estavam felizes com isso”, disse o reliever Mike Dunn, que raspou o seu cavanhaque antes de se apresentar para o Spring Training. “Você pode lutar contra isso ou não. Obviamente eu raspei, então isso é ok”.

O novo manager disse que não se importava se os jogadores podiam ter barbas nos últimos anos e apoiou a nova política.

“Pessoas vão lamentar”, disse Mattingly. “Alguns caras gostam, outros não. Enquanto for consistente, eu acho que não é uma grande coisa”.

Durante os cinco anos em que comandou o Los Angeles Dodgers, os atletas podiam ter pelos faciais e ele utilizava bigode quando jogava de primeira base no New York Yankees, equipe que tradicionalmente proíbe barba e cabelos longos.

Em 1991, Don Mattingly foi colocado no banco por se recusar a cortar o cabelo. A queixa dele era que a regra não era aplicada igualmente para todos que faziam parte do elenco.

“Não era tão complicado”, disse ele.

Muitos jogadores dos Marlins utilizavam pelos faciais na última temporada e precisaram raspar. Um deles é o arremessador Jose Fernandez, 23 anos, que brincou com a situação e se apresentou no Spring Training de barba feita.

“Eu estou com medo, eu vou parecer um pessoa de 16 anos”, disse o ace dos Marlins com um sorriso no rosto. “Mas não é um grande coisa. Qualquer que sejam as regras, nós vamos segui-las”.

Comments
To Top