MLB

Jonathan Papelbon pede e tem o contrato rescindido pelo Washington Nationals; veja as manchetes do sábado

Triple Play – o boletim de notícias da MLB do Quinto Quarto

– O Washington Nationals dispensou o arremessador de bullpen Jonathan Papelbon após o atleta ter pedido para ter o seu contrato encerrado. Como movimentação correspondente, Reynaldo Lopez foi promovido das ligas menores. A partir de agora, Papelbon é um agente livre e poderá assinar com qualquer equipe. Os Nats irão arcar com os US$ 11 milhões restantes do salário do arremessador.

A princípio, Pepelbon, que vem lutando com uma lesão nas costas, aceitou não ser mais o fechador, para Mark Melacon assumir a posição, mas, pelo visto, ele não gostou de perder espaço no elenco. Além disso, Jonathan Papelbon já criou outros problemas extracampo na equipe da capital.

– A temporada de Michael Brantley mal começou e ela já acabou. O defensor externo do Cleveland Indians jogou apenas 11 partidas nessa temporada após sofrer para se recuperar de uma lesão no ombro e agora precisará passar por outra cirurgia no ombro direito, o que fará que ele perca o resto da temporada. Brantley, que ficou indo e voltado na lista de jogadores inativos, chegou a receber duas injeções de cortisona e foi submetido a um procedimento para tentar evitar um procedimento mais incisivo.

– O New York Mets reintegrou o terceira base Jose Reyes da lista de jogadores inativos após este ter cumprido o mínimo de 15 dias sem jogar. Reyes estava com uma distensão no oblíquo esquerdo. Além disso, segundo o manager Terry Collins, Yoenis Cespedes (lesão no quadríceps) e Asdubral Cabrera (lesão no tendão do joelho) irão começar o processo de reabilitação.

– O San Diego Padres promoveu Brandon Morrow, após este ter passado mais de um ano longe da MLB. O arremessador destro estava na Triple-A e irá compor o bullpen da franquia da Califórnia. Morrow, que teve um lesão no ombro no ano passado, não jogava nas grandes ligas desde 2 de maio de 2015.

Comments
To Top