MLB

Joe Maddon é favorável à automatização das decisões de bolas e strikes

Joe Maddon, manager do Chicago Cubs

(Crédito: Instagram/reprodução)

Joe Maddon, manager do Chicago Cubs, sempre se mostrou alguém com um pensamento avançado e não é nenhuma surpresa que ele tenha apoiado o uso de tecnologia como usar o replay para jogadas duvidosas. Contudo, o comandante da franquia de Illinois surpreendeu ao se mostrar aberto à automatização das decisões de bola e strike.

“Em um momento, eu pensei que serei totalmente contra (a automatização da chamada de strikes e balls), mas eu não posso lhe dizer isso agora. Eu penso mesmo que os árbitros se sairiam muito bem com isso, porque eu não acho que eles querem impactar negativamente o jogo com uma chamada ruim”, disse Maddon ao jornalista Johnny Oleksinski, do ‘New York Porst’.

Um passo tão drástico não deverá acontecer a curto prazo, entretanto não é de se duvidar que haja tecnologia confiável para isso no futuro, até porque é impossível decidir perfeitamente todas as chamadas de bola e strike. Além disso, com a liga pretendendo alterar a zona de strike para conseguir colocar mais a bola em jogo, é muito mais fácil fazer isso digitalmente do que com humanos.

Em termos dos árbitros de home plate, eles ainda seriam úteis. Em primeiro lugar eles teriam o poder de decidir se houve um lance de eliminação ou não e também se o swing foi concretizado ou não. Eles serão responsáveis por anunciar as decisões automáticas de strike e ball e, caso desse algo errado com a tecnologia, eles estariam lá para tomar a decisão.

Um dos maiores problemas para chegar a esse dia seria a resistências dos árbitros e também dos jogadores, que já se mostraram contra algumas mudanças propostas pela liga, como a redução da zona de strike.

Comments
To Top