MLB

Em despedida, Jeter é homenageado em Boston, impulsiona corrida e Yankees vencem

Fonte: Instagram/reprodução

Fonte: Instagram/reprodução

O próprio Derek Jeter declarou que se o jogo final não fosse contra o Boston Red Sox no Fenway Park, ele teria terminado sua carreira no Yankee Stadium mesmo. Como prometido, o camisa 2 foi até o território do arqui-inimigo e pisou pela última vez no lendário estádio como jogador do New York Yankees. Havia a expectativa de como seria a recepção e homenagem para o capitão da franquia mais odiada pelo povo de Boston. No final, a classe e o reconhecimento imperaram.

Antes do jogo foi exibido um vídeo que continha imagens remetendo à rivalidade entre Yankees e Red Sox, uma das maiores das quatro grandes ligas americanas. Logo depois o placar do “Green Monster” estampou a frase “Respeitosamente para Derek Jeter” (With respect 2 Derek Jeter). O jogador foi chamado a campo e ovacionado por todos os jogadores e torcedores.

Homenageando à sua maneira, os Red Sox chamaram ícones da história dos esportes da cidade. Entre eles, Carl Yastrzemski, histórico jogador dos Red Sox, Bobby Orr, um dos maiores jogadores da história do hóquei no gelo, representando o Boston Bruins, o maior ídolo recente do Boston Celtics, Paul Pierce (atualmente no Washington Wizards) e Troy Brown, três vezes campeão do Super Bowl com o New England Patriots.

Jogadores atuais dos Red Sox, como David Ortiz e Dustin Pedroia também foram cumprimentar o shortstop, o presenteando com uma base com o número 2 inscrito e uma placa com a palavra “Re2pect” (foto). Também foi realizada uma doação para a fundação que Derek Jeter mantém.

O jogo não valia mais nada para o campeonato, já que as duas equipes não tinham mais chances de estar na pós-temporada. Mesmo assim os ingressos atingiram valores altíssimos. E obviamente o cinco vezes campeão da World Series não faria corpo mole ou deixaria de competir. Ele foi para o bastão duas vezes, escalado como rebatedor designado. No terceiro inning, com Ichiro Suzuki na terceira base, ele teve uma rebatida simples, colocando mais uma no currículo (são 3.465 rebatidas) e impulsionou Suzuki. Cumprimentado efusivamente, ele preferiu sair por cima e não jogou mais na partida, vencida pelos Yankees por 9 a 5.

Fim da linha para Derek Jeter.

Comments
To Top