MLB

Chris Heston, jovem promessa do San Francisco Giants, arremessa primeiro no-hitter de 2015

(Crédito: Instagram/reprodução)

(Crédito: Instagram/reprodução)

De uma beleza rara, o no-hitter é a conquista do arremessador sobre um batalhão rebatedores. E Chris Heston é o mais novo conquistador das grandes ligas. O jovem arremessador do San Francisco Giants dominou o ataque do New York Mets e não cedeu uma rebatida sequer na vitória dos Giants pelo placar de 5 a 0, em partida realizada na noite de terça-feira (9).

Chris Heston fez parecer fácil, usou 110 arremessos, 11 strikeouts e saiu do City Field, em Nova York, com o primeiro no-hitter de 2015. O último no-hitter tinha acontecido no dia 28 de setembro de 2014, quando Jordan Zimmermann, dos Nationals, saiu ileso contra os rebatedores do Miami Marlins.

Mas como de é de praxe, Chris Heston não conquistou o no-hitter sozinho. Buster Posey é um tremendo catcher e conduziu seu arremessador ao topo, enquanto os jogadores do campo interno contribuíram com mais 13 eliminações por bola rasteira.

O no-hitter ficará para a história, mas Chris Heston cometeu alguns vacilos, algo normal para um jovem de 20 anos em pleno desenvolvimento de seu estilo. Por três vezes, Heston atingiu os rebatedores rivais e o juiz principal foi bem tolerante neste aspecto.

Praticamente em seu primeiro ano, já que em 2014 as oportunidades foram raras, Heston vai se firmando aos poucos na equipe e o no-hitter é um ótimo cartão de visitas.

Comments
To Top