MLB

Arremessador britânico critica duramente pitch count no WBC

Brasil jogará a classificatoria World Baseball Classic em Nova York
Brasil jogará a classificatoria World Baseball Classic em Nova York

(Crédito: Brooklyn Cyclones/divulgação)

Do MCU Park, em Nova York (Estados Unidos) – Principal nome da rotação da Grã-Bretanha neste qualificatório do World Baseball Classic, a Copa do Mundo do Beisebol, Michael Roth não ficou nada satisfeito por ter de deixar o campo na noite desta quinta-feira (22) por conta do limite de arremessor (pitch count) estabelecido no regulamento da competição.

Roth foi bem contra os rebatedores de Israel nos 6 innings arremessados, cedendo apenas uma corrida nas seis rebatidas permitidas. Mesmo com corredores em base, Roth soube controlar o jogo e sair das situações mais complicadas.

Até que na sétima entrada ele precisou ser substituído por conta do limite de 85 arremessos. Na sequência, Israel encaixou quatro corridas numa única entrada, o que seria determinante para o resultado.

“Infelizmente temos o pitch count. Tenho 26 anos e meu trabalho é arremessar em jogos de beisebol. Nós não poderemos levar o beisebol de seleções a sério enquanto as outras pessoas não o levarem também”, disparou o arremessador camisa 29, com passagens pelos Dodgers e Rangers — atualmente, Roth joga no time de Triple A dos Rangers, o Round Rock Express.

O treinador da equipe, Trevor Hoffman, preferiu amenizar o tom e destacou o bom desempenho de Nolan Bond, jovem de 19 anos que atua em nível universitário nos Estados Unidos e que deu conta do recado quando foi ao montinho na sétima entrada.

“A sétima entrada também poderia ter acontecido comigo lá, mas acredito que isso [limite de arremessos] seja um entrave. Crianças pequenas arremessam 85 vezes. Nós somos jogadores profissionais de beisebol”, continuou o jogador.

Por conta do número de arremessos nesta quinta-feira, o pitcher só poderá volta a atuar caso a Grã-Bretanha chegue à final da competição no domingo. Para isso, precisará bater o Paquistão nessa sexta e, depois, superar o perdedor do duelo Brasil e Israel.

Roth nunca se firmou na Major League Baseball, mas tem ótimos números nas ligas menores e na universidade. Jogando pela South Carolina University, o arremessador chegou a duas College World Series, além de ter sido eleito para o 1st All-American Team

Comments
To Top