MLB

Andrew McCutchen diz que “nunca” mais irá usar dreadlock

Crédito: Reprodução/Instagram

Crédito: Reprodução/Instagram

Além de jogar muito bem, a marca registrada de Andrew McCutchen, defensor externo do Pittsburgh Pirates, era o dradlock. Nesse ano, o jogador veio com um novo visual (cabelo curto) e aparentemente gostou.

Em março, McCutchen fez o seu primeiro corte de cabelo em oito anos e doou os dreadlocks para a caridade. Seis meses depois, o astro dos Pirates insistiu que permanecerá com o seu corte atual.

“Nunca mais irei trazê-los de volta”, disse o atleta para o Pittsburgh Pots-Gazette, quando perguntado sobre seu dreadlock. “Nunca”.

Em seis anos na MLB, o jogador de 28 anos foi quatro vezes All-Star e ganhou o prêmio de MVP da Liga Nacional. Entretanto, ele era conhecido pelo seu cabelo, como provou as mídias sociais após a mudança.

“Para mim era apenas um corte”, disse McCutchen. “Eu sei que, para outras pessoas, isso provavelmente significava, porque era a minha marca registrada”.

“Mas se meu cabelo era minha marca registrada e essa é a razão das pessoas me conhecerem, isso significa que eu sou ruim no beisebol”.

Depois de ter um mês de abril com apenas 19,4% de aproveitamento no bastão, o jogador melhorou o seu desempenho e passou para 29,3% com 22 home runs e 95 corridas impulsionadas, além de liderar os Pirates para os playoffs pelo terceiro ano consecutivo.

Comments
To Top