MLB

Ainda sem equipe, Chris Carter por ir jogar no Japão; veja as manchetes da quarta-feira

Chris Carter

(Crédito: Instagram/reprodução)

Triple Play – o boletim de notícias da MLB do Quinto Quarto

– Chris Carter, que continua como agente livre após rebater 41 home runs na última temporada, pode deixar os Estados Unidos para encontrar um novo time. Dave Stewart, agente de Carter, disse que seu cliente pode receber ofertas do beisebol japonês.

“Acho que em algum momento temos que fazer uma consideração séria. Está ficando tarde lá também. As equipes estão preenchendo os seus buracos”, disse Stewart, que também disse que Carter despertou o interesse de equipes japonesas antes de assinar contrato com o Milwaukee Brewers na última temporada.

– O Toronto Blue Jays achou o seu arremessador canhoto par ao bullpen. O time do Canadá assinou um contrato na casa dos US$ 3 milhões para contratar J.P. Howell por uma temporada. O acordo ainda depende de exames médicos.

Além disso, a franquia de Toronto assinou um contrato de ligas menores com o infielder Jonathan Diaz, 35 anos.

– O japonês Shohei Otani não poderá arremessar o próximo World Baseball Classic por causa de uma lesão, contudo ele poderá ainda rebater. O atleta lesionou o tornozelo da Japan Series e ainda está se recuperando.

“Tem sido difícil em termos de se preparar a tempo. É lamentável, mas não poderei arremessar no World Baseball Classic”, disse Otani, que está no Arizona, onde o Nippon-Ham Fighters está realizando seu spring camp.

– O Atlanta Braves chegou em um acordo de ligas menores com o arremessador Kris Medlen. Caso o jogador de 31 anos chegue ao elenco de 40 jogadores, ele receberá um contrato de um ano e US$ 1 milhão.

– O Chicago Cubs adquiriu o arremessador Eddie Butler, 25 anos, do Colorado Rockies, que recebeu em troca o arremessador James Farris. As duas equipes também trocaram posições de bônus internacional.

– O Seattle Mariners assinou um contrato de ligas menores com o arremessador Nick Hagadone. O jogador canhoto também recebeu um convite para o Spring Training.

– Terry Francona, manager do Cleveland Indians, doou US$ 1 milhão para o programa de beisebol da Universidade do Arizona. O dinheiro foi para um fundo de projetos de capital, sendo que um desses projetos é a construção do Terry Francona Hitting Facillity.

Comments
To Top