Lutas e MMA

O retorno de Miesha Tate e o que espera no futuro

O retorno de Miesha Tate e o futuro

Neste sábado (17) tivemos o retorno de Miesha Tate, a ex-campeã peso-galo feminino do UFC e Strikeforce. Assim, a americana retornou as competições de MMA, marcando uma vitória espetacular por nocaute. A vitória veio no terceiro round sobre a veterana Marion Reneau no co-main event do UFC Vegas 31.

Tate, que não competia há quase cinco anos após se afastar do esporte em 2016, mostrou que ainda é um dos maiores nomes do MMA feminino. A lutadora de 34 anos chamou a atenção de muitos com a vitória em seu retorno. Inclusive, a ex-campeã Holly Holm acessou o Instagram para pedir uma revanche após o retorno de Miesha Tate.

Na coletiva de imprensa pós-luta do UFC Vegas 31, Miesha Tate respondeu:

“Espero que elas saiam da toca. Acho que uma segunda luta com Holly, seria ótimo. Há muitas mulheres na divisão, então me diga o nome de todas. Não sei onde chegarei no ranking, mas você sabe que nunca sou de dizer que mereço isso ou aquilo. Eu entendo que tenho que continuar a escalar, mas o nome de quem quer que esteja nessa lista para chegar ao topo, por mim tudo bem, e tenho certeza de que Holly e eu, não temos dúvidas sobre isso. Ela e eu lutaremos de novo.”

Tate parecia impressionada com seu retorno, mas está confiante de que o melhor ainda está por vir em sua carreira histórica, e sente que o mundo do MMA ainda não viu seu potencial completo. “É por isso que não pude ficar aposentada, senti que tenho muito mais para dar e há realmente uma versão melhor de mim mesma”, explicou. “Eu não queria sair pensando que não dei o meu melhor.”

Quanto a uma data de retorno, Tate parece disposta a lutar mais uma vez em 2021. Porém, a americana não tem certeza de quem fará sentido como oponente em seguida, mas ela quer que seu próximo adversário seja uma progressão para o título do UFC, que Amanda Nunes detém atualmente.

“Quero deixar essa vitória se estabelecer. Não quero ter pressa, mas é claro que sou uma mulher com uma missão”, disse Miesha Tate. “Eu quero chegar ao topo. Acho razoável lutar até o final do ano. Vou para casa, beijar meus bebês, aproveitar esta vitória arduamente conquistada e, nas próximas semanas, eu e minha equipe nos reuniremos e falaremos com Mick (Maynard), Sean (Shelby), Dana (White) e nós arranjaremos algo. ”, finalizou a ex-campeã.

Foto Destaque: Reprodução/ Getty Imagens

Comments

Popular

To Top