Lutas e MMA

Kennedy Nzechukwu x Danilo Marques – Resultado, destaque e reação

Nzechukwu x Marques

Kennedy Nzechukwu x Danilo Marques, o duelo que fechou o card preliminar do UFC Vegas 30, vieram para mostrar que o MMA é imprevisível. Isso porque, em um confronto de estilos, geralmente se sobressai o atleta mais talentoso naquilo que faz bem.

Nesse sentido, Kennedy Nzechukwu (9-1-0) representava a trocação, enquanto que Danilo Marques (11-3-0) o grappling. No entanto, as apresentações de ambos mostravam que o nigeriano não é um dos melhores strikers do plantel da organização, além disso Danilo Marques, que é um finalizador, tem também bons fundamentos no boxe.

Sendo assim, o cenário deste combate estaria dado. Porém, estamos falando de MMA um esporte cuja emoção e as reviravoltas levam o fã da frustração ao êxtase em segundos. Numa luta de três rounds, o que parecia certo para o brasileiro Danilo Marques se tornou a glória do Kennedy Nzechukwu.

KENNEDY NZECHUKWU x DANILO MARQUES: 1º ROUND

Antes de mais nada, quando Jason Herzog autorizou o início do combate já se via que seria uma luta de gigantes. De um lado o nigeriano com 1,96 m de altura, contra o brasileiro de 1,98 m. Kennedy Nzechukwu x Danilo Marques literalmente era um combate de alto nível, isso porque com menos de um minuto de luta o atleta da Demian Maia Jiu-jitsu já havia mochilado seu oponente e ficou por lá por quase todo o round.

Todavia, a posição de domínio do Danilo Marques, para os mais desatentos fez parecer uma luta monótona, porém o espectador experiente, sabia que aquela era uma posição de domínio relativo, um verdadeiro xadrez, especialmente, porque o mínimo erro de qualquer um dos dois custaria a luta. Com ampla vantagem e certa tranquilidade, o brasileiro levou o round.

KENNEDY NZECHUKWU x DANILO MARQUES: 2º ROUND

No entanto, a volta para o 2º round era uma incógnita. Kennedy Nzechukwu teria gás para mais um round? Danilo Marques imprimiria o mesmo ritmo? A resposta foi um trocador mais arisco acertando tímidos golpes. Enquanto víamos um grappler tentando a todo custo o ataque nas pernas do adversário. De fato, Danilo Marques cumpriu a missão chegou inclusive a pegar as costas do nigeriano e parecia o começo do fim.

Entretanto, a quem diga que o jiu-jitsu refinado de Danilo Marques, legítimo representante da Escola Demian Maia, peca pela falta de golpes traumáticos. Opiniões à parte, méritos do “Savage African” que conseguiu levantar no final do round. Ali, ele ainda assim colocou um ritmo de socos fortes que pareciam ter abalado seu oponente, mas não suficiente para levar o round.

KENNEDY NZECHUKWU x DANILO MARQUES: 3º ROUND

Sendo assim, o terceiro round prometia ainda mais imprevisibilidade e assim o foi. Em outras palavras, o árbitro mal autorizou o início da luta e Kennedy Nzechukwu foi para cima do brasileiro. Ele disparou uma quantidade de golpes absurda. Imediatamente, Jason Herzog que acompanhava a ação de perto, interrompeu o combate ainda em pé. Assim, declarando o nigeriano vencedor por nocaute técnico e de virada.

OPINIÃO SOBRE A LUTA

Em suma, Kennedy Nzechukwu anotou mais uma vitória em seu cartel. Apesar de não ser um striker polido já mostrou que é perigoso e resiliente. Para Danilo Marques, é voltar para academia e em busca da recuperação. O atleta da Demian Maia Jiu-jitsu é um verdadeiro guerreiro que merece nosso respeito.

Foto: Reprodução / Getty

Popular

Copyright © 2015-2021 - https://www.quintoquartobr.com/

+18 Jogue com responsabilidade


Copyright QuintoQuartoBR

To Top