Lutas e MMA

Dustin Poirier revela o que o motivou a fazer a trilogia contra Conor McGregor

Em entrevista concedida à ESPN, Dustin Poirier revelou o motivo pelo qual decidiu fazer a trilogia contra Conor McGregor ao invés de lutar pelo cinturão peso-leve (até 70,3 kg) do UFC, no qual ele havia se credenciado ao nocautear o próprio irlandês, em janeiro deste ano. “O dinheiro é mais importante, tenho bocas para alimentar. Além disso, o bom é que fechar essa trilogia faz sentido esportivamente e financeiramente”, revelou o norte-americano.

Assim, com a decisão de fazer a trilogia em duelo que irá ocorrer neste sábado (10), em Las Vegas, o americano deixou o caminho livre para o brasileiro Charles do Bronx conquistar o título, ao bater Michael Chandler, via nocaute técnico no segundo round, em duelo que ocorreu em maio deste ano.

“Eu devo isso para minha família. Tomei essa decisão com bastante facilidade. Se eu sou o melhor do mundo, então vou derrotar Conor e lutar pelo cinturão. É como dobrar a aposta. Sou um apostador e acredito nas minhas habilidades, então eu dobrei a aposta”, declarou o norte-americano.

Retorno financeiro é três vezes maior que uma disputa de cinturão

Dustin Poirier afirmou que o impacto financeiro deste duelo é enorme, cerca de três vezes maior do que poderia receber em um evento para disputar o cinturão do Ultimate. “Eu não sei o quanto você quer entrar em termos contratuais, mas se eu lutasse pelo cinturão, eu não teria o lucro do pay-per-view. Assim, eu teria um salário base que provavelmente não chegaria a um terço do que eu vou ganhar nessa luta”, calculou.

Portanto, Conor McGregor e Dustin Poirier, se encontrarão pela terceira vez no octógono do UFC. Nesse sentido, o primeiro encontro ocorreu em setembro de 2014, quando o irlandês venceu o duelo via nocaute técnico no primeiro round. Porém, no encontro mais recente, Dustin se saiu melhor e devolveu o nocaute técnico no segundo round, em duelo que ocorreu em Abu Dhabi, em janeiro deste ano. Agora, os lutadores farão a trilogia para definir o próximo desafiante ao cinturão do campeão Charles do Bronx.

UFC 264

CARD PRINCIPAL (23h, horário de Brasília):

Peso-leve: Dustin Poirier x Conor McGregor
Peso-meio-médio: Gilbert Durinho x Stephen Thompson
Peso-pesado: Tai Tuivasa x Greg Hardy
Peso-galo: Irene Aldana x Yana Kunitskaya
Peso-galo: Sean O'Malley x Kris Moutinho

CARD PRELIMINAR (19h, horário de Brasília):

Peso-meio-médio: Carlos Condit x Max Griffin
Peso-meio-médio: Niko Price x Michel Pereira
Peso-pena: Ryan Hall x Ilia Topuria
Peso-médio: Trevin Giles x Dricus du Plessis
Peso-mosca: Jennifer Maia x Jessica Eye
Peso-médio: Omari Akhmedov x Brad Tavares
Peso-mosca: Zhalgas Zhumagulov x Jerome Rivera
Peso-médio: Hu Yaozong x Alen Amedovski

Foto: Reprodução / Getty Imagens

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Popular

To Top