Informe

Quinto Quarto 4.0: algumas mudanças e dinheiro para nossos seguidores (mentira)

Neste ano de 2019, nós do Quinto Quarto comemoramos sete anos de existência, seis deles com este site que você está acessando agora e tendo sentimentos conflitantes.

Já cobrimos alguns Super Bowls, outras finais da NBA, demos atenção para a World Series, mesmo que nossa audiência não se importe tanto com isso, e até editoria de NHL tivemos. Bons tempos.

Sempre fizemos as coisas do nosso jeito. Você já deve ter visto vários sites de pessoas falando sobre o esforço feito, as horas perdidas, as namoradas irritadas, os namorados idiotas, as festas de aniversário dos filhos perdidas e as idas à polícia.

Nós não reclamamos, gostamos de fazer isto e queremos seguir em frente. Agradecemos o escritório de vidro na Av. Paulista que os fãs do Quinto Quarto nos proporcionam e as Mercedes novas que compramos depois de vendermos quase todas as camisetas que criamos.

Mas ao longo destes anos notamos várias mudanças em nosso público. Ele cresceu, é verdade. Muito aliás. Obrigado novamente. Mas ele também deixou o computador de lado para entrar pelo celular.

Mais de metade de nossos acessos são por dispositivos móveis. À noite, depois de vocês visitarem sites impróprios, parece que vocês amam ver o que está rolando nas ligas americanas.

E certos posts são bastante privilegiados com sua leitura – excelente tempo na página e baixa rejeição – como listões (que amamos fazer) e textos de opinião e análise logo depois que as bombas de Adrian Wojnarowski e Ian Rapoport caem.

Nossos posts explicando regras, trazendo histórias legais e até esclarecendo o que é um punt também são um sucesso. Isso é óbvio: a cada ano que passa mais pessoas acompanham NFL, NBA e MLB. E ninguém começa no esporte sabendo o que é um left guard. O Quinto Quarto está aqui para você, querido(a).

Nesta versão 4.0 do Quinto Quarto nós daremos mais espaço para a opinião. Caso você esteja interessado nas fases: começamos na rádio Gazeta AM 890 (v.1); criamos o site (2.0); mudamos o layout, encurtamos a rotação (3.0). E, agora, aqui estamos.

Teremos mais textos de pitacos, análise e visão de quem está escrevendo. Normalmente, Bruno de Abreu Bataglin sobre a NFL, Miguel Amado sobre a NFL e NBA e André Garda sobre a MLB.

A ajuda de Felippe Rodrigues com suas belas artes também continuará, assim como João André Fraga, nosso agrônomo/jornalista/apreciador da natureza e de queimá-la em doses homeopáticas.

Ainda teremos notícias, com nossos boletins No Huddle, Triple Play e Fastbreak. Eles serão dinâmicos, para rápido consumo de quem está no metrô, entediado na universidade ou vendo no computador, mas sem querer que o chefe perceba que o relatório não está sendo concluído.

Faremos isso para balancear o que vemos como um interesse e pedido de vocês, mas também pelo prazer que temos em fazer isso. Poder colocar seu tempero em um arroz com feijão é tudo que um chef quer fazer, ainda mais se puder cobrar 50 reais o prato.

Além dessa mudança, nós queremos nos aproximar de vocês, algo que sentimos que não conseguimos com o modelo atual. Só no nosso Instagram, que nem um ano tem, falamos com mais pessoas por semana do que conseguíamos nos anos anteriores com o site.

Então acompanhe-nos no @quintoquartobr e comente as imagens, mande mensagem, não importa.

Queremos saber o que vocês querem, gostam e a opinião sobre o atual estado do Charlotte Hornets. Ou seja, chegar mais facilmente em vocês.

Também teremos conteúdo especial para as redes, especialmente o Instagram, e coisas novas vindo no podcast. Nós realmente gostamos de fazer o podcast e queremos saber se você gosta dele ou o que há para melhorar. Por isso, colocamos um formulário com algumas questões, algo bem rapidinho para saber sua opinião. Ajuda a gente e pode xingar à vontade!

Então, em resumo, nós vamos fazer nosso site ser menos “noticioso” e passar a ter mais textos com nossa cara ou tutoriais mesmo, ajudando as pessoas a conhecer os esportes americanos. Nós vamos incentivar o contato direto com vocês pelas redes sociais – especialmente o Instagram – e também por email ([email protected]) e na seção de comentários aqui.

E, por fim, queremos que o podcast seja mais uma forma de contato, descontração e informação com nossas opiniões e as suas também.

É isso. Espero que tenhamos o seu apreço e sua confiança para seguirmos em frente juntos. Ainda há mais temporadas da NFL, NBA e MLB para acompanharmos.

Responda o formulário e nos ajude a fazer um podcast melhor!

Comments
To Top