NHL

Rangers superam Kings por 2 a 1, diminuem desvantagem na série final e seguem com esperanças

(Crédito: Instagram/reprodução)

(Crédito: Instagram/reprodução)

O New York Rangers precisava de uma vitória na noite desta quarta-feira (11) para seguir com chances de ser campeão da Stanley Cup nesta temporada. E o time nova-iorquino conseguiu, no sufoco, vencer o Los Angeles Kings, no Madison Square Garden, pelo placar de 2 a 1 e diminui a desvantagem na série decisiva para 3 a 1.

O Los Angeles Kings entrou em quadra tentando ser o primeiro time desde 1998 a aplicar uma ‘varrida’ (fechar a série com 4 a 0) na decisão da Stanley Cup, mas não conseguiu. Na ocasião, o Detroit Red Wings foi campeão em cima do Washington Capitals, triunfando por 4 jogos a 0.

Se no jogo 3 o melhor no rinque foi Jonathan Quick, goleiro dos Kings, nesta quarta-feira quem brilhou também foi o jogador responsável por evitar gols, mas desta vez quem se destacou foi Henrik Lundqvist. O goleiro dos Rangers foi o responsável por 40 defesas no total, o que mostra quanto o camisa 30 foi exigido.

O New York Rangers inaugurou o marcador ainda no primeiro período. Aos 7min25s, Derick Brassard bateu para o gol de longe e, no meio do caminho, Benoit Pouliot levantou o stick para desviar o puck para dentro do gol, sem chances de defesa para Jonathan Quick.

No segundo período, aos 6min27s, Martin St. Louis aproveitou a sobra, após chute de Derek Stepan e ajeitada de Chris Kreider, e mandou para o fundo do gol, fazendo 2 a 0 para os Rangers.

Pouco tempo depois do segundo gol do time da casa, o Los Angeles Kings descontou. Dan Girardi, dos Rangers, tentou dar um passe para o companheiro no centro do rinque, mas seu stick quebrou e Dustion Brown roubou o puck e, partindo rapidamente em direção ao gol, ele fintou Lundqvist e diminuiu a desvantagem dos Kings aos 8min46s da segunda etapa.

No terceiro período, entretanto, o placar não foi mais alterado, muito por conta de Henrik Lundqvist, que fez várias defesas e evitou que o Los Angeles Kings forçasse a prorrogação. E olha que os visitantes estiveram perto de empatar o duelo quando restava 1min11s no cronômetro. O puck parou praticamente em cima da linha após um tiro do Los Angeles Kings, depois que o disco passou por debaixo das pernas de Lundqvist, mas Stepan puxou o puck para trás com a mão e evitou o pior para os nova-iorquinos.

Com a série em 3 a 1, o jogo 5 será realizado na noite desta sexta-feira (13), às 21h (de Brasília), no Staples Center, casa do Los Angeles Kings. Em caso de triunfo dos donos da casa, conheceremos o novo campeão da NHL. Se o New York Rangers voltar a prevalecer, a partida de número 6 está marcada para segunda-feira (16), às 21h, novamente no Madison Square Garden.

Os Rangers tentam entrar para a história, já que podem ser apenas o segundo time na história a virarem uma série das finais da Stanley Cup após estarem perdendo por 3 a 0. O único time até hoje que conseguiu sair desse buraco e levantar a taça foi o Toronto Maple Leafs, que na decisão de 1942 superou o Detroit Red Wings chegar a estar perdendo o confronto por 3 partidas a 0.

Comments
To Top